Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Hugo Calderano conquista o título do WTT Contender do Rio

Hugo Calderano atropela sul-coreano, fecha semana perfeita e conquista o título do WTT Contender do Rio de Janeiro

Olimpíada Todo Dia

Olimpíada Todo Dia|Do R7

Campeão em casa! O carioca Hugo Calderano derrotou o sul-coreano An Jaehyun por 4 sets a 0 (11/7, 11/5, 11/5 e 11/6), na manhã deste domingo (26), e faturou o título do WTT Contender do Rio de Janeiro. É a primeira vez que ele vence este torneio, que faz parte do circuito mundial de tênis de mesa. Com o resultado, o brasileiro vai subir para o sétimo lugar do ranking mundial.

O título coroa uma semana praticamente perfeita de Hugo Calderano, que era o atleta mais bem ranqueado da competição. Ele venceu quatro jogos até chegar na final, passando pelo indiano Manav Vikash Thakkar (62º), o porto-riquenho Brian Afanador (75º), o francês Thibault Poret (164º) e o japonês Yuta Tanaka (72º). No acumulado dessas partidas, cedeu apenas um set aos adversários.

Já na final, Hugo enfrentou o An Jaehyun, que é o atual 37º colocado do ranking mundial e foi medalhista de bronze no Mundial de 2019. Assim como aconteceu em suas demais partidas, o brasileiro fez um jogo dominante e atropelou o adversário. O brasileiro teve golpes firmes, definições rápidas e muita variações, e venceu os quatro sets com relativa tranquilidade, em 11/7, 11/5, 11/5 e 11/6.

Colecionando troféus

Publicidade

Este é o sexto título Hugo Calderano no circuito, o quinto de nível WTT Contender. Antes, ele havia sido campeão em Túnis (2022), Muscate (2023), Durban (2023) e Doha (2023). O atleta de 27 anos também foi campeão do WTT Star Contender Doha em 2021, seu primeiro título nos novos moldes do circuito mundial. Neste ano, Hugo foi vice-campeão do WTT Champions Incheon e do WTT Star Contender Goa.

Hugo iniciou a semana como o número oito do mundo, mas vai ultrapassar o taiwanês Lin Yun-Ju na classificação. Além disso, ele também passará a ser o quarto colocado do ranking olímpico, o que significa dizer que, neste momento, estaria sendo o cabeça de chave número quatro em Paris-2024, fugindo de um duelo contra os chineses até as semifinais.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.