Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Campeão olímpico no vôlei, Pampa morre aos 59 anos

Campeão olímpico de vôlei em Barcelona 1992, Pampa faleceu, nesta sexta-feira (7), aos 59 anos

Olimpíada Todo Dia

Olimpíada Todo Dia|Do R7

Dia triste para o voleibol brasileiro. O Campeão olímpico de vôlei em Barcelona 1992, André Felippe Falbo Ferreira, o Pampa, faleceu na manhã desta sexta-feira (7). Aos 59 anos, ele teve complicações pulmonares causadas por reações à quimioterapia enquanto tratava um linfoma (câncer do sistema linfático). 

O ex-atleta estava hospitalizado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, desde março. O velório será no Memorial Guararapes, em Recife, cidade natal de Pampa, ainda sem confirmação de data e horário.

“Pampa foi um jogador de extremo talento e fez parte da geração que levou o vôlei brasileiro pela primeira vez ao alto do pódio olímpico. Será para sempre referência. É um dia muito triste para todo o voleibol brasileiro. A CBV se solidariza com a família e os amigos deste grande jogador, que escreveu seu nome para sempre na história do esporte mundial”, lamentou o presidente da CBV, Radamés Lattari, em nota.

De Recife-PE para o mundo, Pampa disputou sua primeira olimpíada em Seul, em 1988, quando a seleção brasileira ficou em quarto lugar. Quatro anos depois, se tornou campeão olímpico nos Jogos de Barcelona. Após a aposentadoria das quadras, dedicou-se à política e à administração pública, mas sempre ligado ao esporte. Entre as experiências, trabalhou no Ministério do Esporte entre 2000 e 2002, e foi Superintendente Estadual de Esportes do Estado de Pernambuco.

Por fim, Pampa era casado com Paula Falbo e tinha duas filhas, Isabella Maria, de 4 anos, e Rafaella Ferrer, de 36 anos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.