Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bronze escapa de Daniel Cargnin no Mundial de judô

Com decisão contestada, Daniel Cargnin perde para Ankhzaya Lavjargal, da Mongólia, e fica sem o bronze no Mundial de judô de Abu Dhabi...

Olimpíada Todo Dia

Olimpíada Todo Dia|Do R7

As disputas no Campeonato Mundial de judô de Abu Dhabi continuam! Na manhã desta segunda-feira (20), mais três brasileiros estiveram presentes no evento. Por lá, o destaque ficou na decisão da medalha de bronze da categoria até 73kg. Nela, Daniel Cargnin perdeu o duelo diante de Ankhzaya Lavjargal, da Mongólia, com três shidos. O último, bastante contestado pelo brasileiro.

No total, a Confederação Brasileira de Judô levou 18 judocas ao Campeonato Mundial de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. A competição é a última do Circuito Mundial IJF antes dos Jogos Olímpicos de Paris 2024. O Brasil já conta com 10 atletas garantidos nas Olimpíadas, e o foco neste Mundial é assegurar pontos que classifiquem mais quatro judocas à Paris.

O Campeonato Mundial distribui até 2.000 pontos no ranking de classificação aos Jogos Olímpicos. Esse total vai para os campeões e campeãs de cada uma das 14 categorias. A prata ganha 1.400 e o bronze leva 1.000 pontos.

Bronze escapou!

Publicidade

Medalha de bronze em Tóquio 2020, Daniel Cargnin já está classificado para Paris 2024, e aproveitou o torneio para medir forças contra possíveis adversários nas Olimpíadas. Atual número 10 do mundo, pegou ‘bye’ na primeira rodada da categoria de até 73kg. Na sua primeira disputa, então, venceu o duelo contra o francês Joan-Benjamin Gaba (42º) com um Waza-ari.

Em seguida, passou pelo italiano Manuel Parlati (77º) com um waza-ari-awasete-ippon. Dessa forma, ele foi para o confronto diante do número 1 do mundo Hidayat Heydarov, do Azerbaijão. A disputa valia vaga à semifinal da categoria, mas o gaúcho perdeu após cometer um hansoku-make (penalidade grave).

Publicidade

Assim, Daniel Cargnin caiu para a repescagem do torneio, e precisou enfrentar o judoca Erdenebayar Batzaya (28º), da Mongólia. No duelo, o brasileiro avançou com um ippon. Por fim, a disputa pelo bronze foi diante de outro atleta da Mongólia, o Ankhzaya Lavjargal (98º). Daniel começou a luta com dois shidos a seu favor, mas sofreu duas penalidades nos últimos segundos do duelo, que levaram a disputa ao 'golden score'. Nele, o brasileiro caiu fora do tatame, tomou o terceiro shido e perdeu a disputa.

Outras disputas

Publicidade

O paulista Willian Lima foi outro judoca já classificado à Paris 2024 que competiu nesta segunda-feira. Atual número 6 do mundo na categoria até 66kg, ele também pegou ‘bye’ na primeira rodada. Assim, enfrentou Serdar Rahimov (29º), do Turcomenistão, na sua primeira luta no evento. Nela, venceu a disputa após o adversário cometer três shidos (infrações leves). Em seguida, duelou diante do japonês Ryoma Tanaka (18º), mas perdeu após também cometer três shidos.

Já a paulista Jéssica Lima (12ª do ranking mundial) esteve presente nas disputas da categoria até 57kg. Ela pegou ‘bye’ na primeira rodada, mas caiu precocemente no confronto seguinte. A oponente foi a turca Hasret Bozkurt (37ª), que venceu com um waza-ari-awasete-ippon.

Daniel Cargnin1

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.