Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Brasil vence a Itália no tie-break e segue invicto na Liga das Nações

Contra uma das principais equipes do mundo, a seleção brasileira reagiu a partir do quarto set e conquistou sua sétima vitória no torneio

Olimpíada Todo Dia

Olimpíada Todo Dia|Do R7

No sufoco! Em confronto válido pela segunda semana da Liga das Nações de vôlei feminino, a popular VNL, o Brasil derrotou a Itália, no tie-break, pelo placar de 3 a 2 (26/24, 25/27, 18/25, 25/19 e 15/10). Com o resultado, a equipe brasileira manteve sua invencibilidade na competição, que agora chegou na marca de sete vitórias em sete rodadas.

Gabi Guimarães foi um dos destaques do Brasil contra a Itália

A maior pontuadora do Brasil na partida foi a jovem ponteira Ana Cristina, autora de 22 pontos, sendo 18 de ataque, três de bloqueio e um de saque. Outra destaque da equipe foi a oposta Rosamaria, dona de 19 pontos. Do lado da Itália, Paola Egonu liderou o time europeu com 29 pontos. O próximo compromisso da seleção brasileira acontecerá no próximo domingo (2), às 5h (horário de Brasília-DF), diante da Tailândia.

Início da partida

No início do confronto, o Brasil começou com um bom trabalho no bloqueio e logo abriu sete pontos de vantagem sobre o adversário. A equipe manteve a diferença nos minutos seguintes, com destaque para a atuação das ponteiras Ana Cristina e Gabi Guimarães. Porém, na reta final da parcial, as italianas reagiram e chegaram ao empate na marca de 24 a 24. No fim, um erro de saque e um ataque para fora das europeias definiram o triunfo brasileiro por 26 a 24.

Publicidade

No set posterior, o duelo ficou bem mais equilibrado. O Brasil conseguiu desgarrar no marcador a partir do 15º ponto, quando colocou cinco pontos na frente da seleção da Itália. A diferença durou pouco e as rivais conseguiram virar a disputa para 17 a 16. Depois de algumas trocas de liderança, vitória das europeias pelo placar de 27 a 25.

Diferente da parcial anterior, a Itália iniciou superior ao time verde-amarelo e assumiu o controle da partida. As brasileiras se recuperaram na sequência e levaram uma situação de 10 a 6 contra para um empate em 12 a 12. Mais tarde, as italianas retomaram o domínio do começo do set e abriram umas boa diferença sobre o Brasil. Elas venceram por 25 a 18 e fizeram 2 a 1 no placar geral.

Publicidade

Quarto e quinto sets

Buscando reverter a situação desfavorável no jogo, o Brasil começou bem no quarto set e largou na frente. Poucos minutos depois, as italianas elevaram seu nível no bloqueio e viraram a disputa para 9 a 6. Aos poucos, a seleção brasileira foi ganhando confiança em quadra e, assim, conseguiu a virada na marca de 18 a 17. Ana Cristina teve um papel fundamental, definindo bolas de alta dificuldade com um grande repertório ofensivo. Dessa forma, ela e o time deixaram tudo igual com um 25 a 19.

Publicidade

No tie-break, o confronto voltou ao equilíbrio, com ambos os times se alternando na liderança do placar. Alguns erros das adversárias e uma boa eficiência da capitã Gabi fizeram com que o Brasil abrisse 8 a 5 na disputa decisiva. As italianas melhoraram a qualidade do passe, mas viram a equipe rival manter a diferença até o fim. Resultado final: 15 a 10 a favor das brasileiras e 100% de aproveitamento na VNL.


Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.