Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Atletas do Brasil acertam últimos detalhes rumo a Paris 2024

Faltando apenas 50 dias para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, brasileiros detalham os passos finais antes do evento

Olimpíada Todo Dia

Olimpíada Todo Dia|Do R7

O tempo, agora, parece acelerar. A 50 dias dos Jogos Olímpicos Paris 2024, os atletas acertam os últimos passos antes da competição. São estágios diferentes em um planejamento de anos. Em alguns casos, pequenos ajustes e o controle de uma ansiedade cada vez maior. Em outros, a busca pela forma ideal rumo à capital francesa.

Ajustes finos

Rebeca Andrade, uma das maiores promessas de medalha do Brasil nos Jogos de Paris 2024, acredita que o momento é de um ajuste fino. A ginasta diz que o ritmo de treino continua intenso para chegar em Paris em sua melhor forma.

“Acho que não está faltando nada. Estamos focando no nosso objetivo, que é fazer boas apresentações durante a competição. Estamos treinando bastante para isso. Assim, o objetivo é tentar chegar tranquila, feliz, saudável. As coisas vão acontecer”, disse Rebeca Andrade.

Publicidade

Ginasta mais experiente do Time Brasil, Jade Barbosa concorda com Rebeca Andrade. Aos 32 anos, a atleta acredita que o mais difícil talvez seja controlar a ansiedade e aproveitar o tempo até os Jogos.

“Estamos querendo aproveitar cada dia. É mais sobre isso. Ter paciência com a ansiedade e aproveitar ao máximo todas as coisas. Testar o que ainda tem de testar, aproveitar o treinamento. O atleta nunca sabe quando vai ter a oportunidade de viver isso novamente. Às vezes, a gente tem pressa, quer que o processo acabe logo. Mas precisamos aproveitar”, afirmou.

Publicidade

Flávia Saraiva também acredita que é tempo de atenção redobrada. Ao focar nos últimos treinamentos, a ginasta entende que é hora de se cuidar.

“Nessa reta final, é mais sabedoria. Com tudo o que a gente já treinou, as séries não vão mudar muito. A gente já sabe o que tem de fazer na competição, então precisamos de muito cuidado e sabedoria nos treinos. Se a gente já prestava atenção antes, precisa prestar em dobro. Porque falta muito pouquinho. Não podemos dar bobeira. E descanso. Descanso mental, descanso para o corpo. Está chegando!”, disse.

Publicidade

Tempo de recuperação

Ingrid Oliveira e Isaac Souza, por outro lado, ainda correm contra o tempo. A dupla dos saltos ornamentais está em recuperação de pequenos problemas físicos. Por isso, os dois vão buscar a melhor forma possível nos próximos 50 dias para que cheguem bem a Paris. 

“Ainda tenho alguns detalhes para ajustar. Acho que é assim em toda preparação importante. No meu caso, faltam alguns detalhes a mais. Por isso, estou aqui todos os dias para treinar e dar meu máximo”, disse Ingrid Oliveira.

Renan Gallina, destaque do atletismo, também quer aproveitar os próximos dias. Assim, espera não demorar a voltar ao melhor ritmo de treino e de intensidade.

Nestes últimos 50 dias, quero aproveitar o momento para tratar uma pequena lesão na perna. Já está em fase final, última semana de recuperação. Por isso, quero aproveitar o máximo possível para recuperar ritmo de treino, de tiros, intensidade. Agora, visando mais à prova dos 200m do que a dos 100m. Estamos aí para mais uma temporada”, afirmou. 

Mafe Costa, da natação, por outro lado, está focada em manter o ritmo. Com bons resultados na temporada, espera seguir firme para buscar o melhor resultado possível em Paris.

“A preparação está muito boa, muito forte. Acho que estamos no caminho certo. Eu tenho feito uma temporada muito boa para chegar em Paris 2024 com os melhores resultados possíveis, com boas raias e melhores colocações. Para entrar numa final, para fazer história para o Brasil. Eu estou sempre adicionando para estar mais preparada que nunca”, disse.

rebeca andrade11

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.