Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Líder Botafogo perde do Athletico-PR em reencontro após eliminação da Copa do Brasil

|Do R7


Três dias depois de terem se enfrentado pela Copa do Brasil, Athletico-PR e Botafogo se reencontraram, agora pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, e mais uma vez quem saiu com o sorriso no rosto foi o time paranaense. Na noite deste sábado, os donos da casa venceram o líder por 1 a 0, gol de Alex Santana, ainda na primeira etapa, em partida realizada na Arena da Baixada.

Na Copa do Brasil, o time da casa venceu na ida por 3 a 2, enquanto o Botafogo ganhou a volta de 1 a 0, na quarta-feira passada. Nos pênaltis, o time rubro-negro se classificou com vitória por 4 a 2. A vitória nesta noite coloca fim em uma sequência de quatro derrotas seguidas do time paranaense - para Atlético-MG (Libertadores), Red Bull Bragantino e Grêmio (Brasileirão) e Botafogo (Copa do Brasil). No nacional, o Athletico salta para a quarta colocação, com 15 pontos.

Mesmo com a derrota, o Botafogo continua líder do Campeonato Brasileiro, com 21 pontos somados, quatro a mais do que o vice-líder Atlético-MG. O time carioca pode ver neste domingo a distância para o Palmeiras ficar em apenas dois pontos, caso o time paulista vença o Coritiba em casa.

Pelo Brasileiro, o Athletico volta a campo no próximo domingo, às 11h, diante do América-MG, no Mineirão, às 11h, pela 10ª rodada. Na terça-feira, porém, o compromisso é pela Copa Libertadores. O duelo será em casa contra o Libertad, do Paraguai, pela quinta rodada do Grupo G, às 19h. O Athletico lidera a chave com sete pontos e uma vitória classifica o time para a próxima fase.

Publicidade

O Botafogo começou em ritmo lento, enquanto o Athletico pressionou desde o início e antes dos cinco minutos Lucas Perri já tinha trabalhado em chute de Canobbio. O lance acordou o Botafogo que passou a impor seu jogo e, aos sete minutos, Lucas Fernandes obrigou Bento a fazer grande defesa e evitar o primeiro gol do líder.

Após o começo movimentado, a partida caiu de produção e os dois times produziram pouco no campo ofensivo. O time da casa insistia mais, mas não conseguia sair da boa marcação do Botafogo.

Publicidade

Aos 38 minutos, o líder do Brasileirão quase fez o primeiro. Luis Henrique recebeu na esquerda e lançou em Tiquinho, que bateu de canhota, obrigando o goleiro Bento a fazer grande defesa. O Athletico abriu o marcador aos 41 minutos. Alex Santana recebeu de Vitor Roque fora da área, ajeitou a bola e bateu, marcando um golaço na Arena da Baixada, acertando o ângulo de Lucas Perri.

O time carioca voltou para a etapa final com maior posse de bola, mas não conseguindo furar a marcação adversária nos primeiros minutos de jogo. Enquanto o Botafogo pressionava, o Athletico apostava nos contra-ataques, principalmente com Vitor Roque.

Aos 11 minutos, Terans lançou Vitor Roque pela direita, ele acionou Canobbio, que sozinho bateu em cima do goleiro Lucas Perri. O time da casa continuava mais perigoso nas jogadas ofensivas, mesmo com o Botafogo com mais posse de bola.

Com dificuldades em furar a marcação, o Botafogo passou a arriscar de fora da área e cruzar bola na área do time paranaense. Aos 28 minutos, quase empatou. Marlon Freitas cruzou no segundo pau para Tiquinho Soares cabecear por cima, levando perigo. Até o final, o time carioca buscou o empate, mas não conseguiu criar boas chances de gol e acabou derrotado em Curitiba.

O Botafogo joga no sábado pelo Brasileiro diante do Fortaleza, às 18h30, no estádio Nilton Santos. Antes, porém, encara a LDU, fora de casa, na terça-feira, às 23h, pela Copa Sul-Americana. O time carioca divide a liderança do Grupo A com o time equatoriano, ambos com oito pontos.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 1 X 0 BOTAFOGO

ATHLETICO-PR - Bento; Khellven, Pedro Henrique, Zé Ivaldo e Fernando; Hugo Moura (Thiago Heleno), Alex Santana (Erick) e David Terans (Christian), Cuello, Canonbbio e Vitor Roque (Thiago Andrade). Técnico: Paulo Turra.

Botafogo - Lucas Perri; Di Plácido (Rafael), Adryelson, Victor Cuesta e Hugo; Marlon Freitas, Tchê Tchê (Kayque) e Lucas Fernandes (Janderson); Júnior Santos (Lucas Piazon), Tiquinho Soares e Luís Henrique (Victor Sá). Técnico: Luís Castro.

GOL - Alex Santana, aos 41 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP).

CARTÕES AMARELOS - Alex Santana e David Terans (Athletico-PR) e Kayque (Botafogo).

RENDA - R$ 705.375,00.

PÚBLICO - 18.684 torcedores.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.