Lance Técnico da Alemanha se irrita com ídolo campeão em 2014 e dispara: 'Absurdo absoluto'

Técnico da Alemanha se irrita com ídolo campeão em 2014 e dispara: 'Absurdo absoluto'

Hansi Flick não afinou e rebateu ídolo do futebol alemão, campeão da Copa do Mundo de 2014 no Brasil

Lance
Lance

Lance

Lance

Mais um vexame. A seleção da Alemanha voltou a ser eliminada na fase de grupos de uma Copa do Mundo, pela segunda edição seguida. A saída precoce dos tetracampeões mundias gerou debates na imprensa do país, com o ídolo e atual comentarista Bastian Schweinsteiger questionando o ânimo da equipe alemã no Qatar.

+ Veja a tabela da Copa do Mundo 2022

A declaração do ex-volante irritou o técnico Hansi Flick, da Alemanha. Em entrevista à uma TV, o comandante da seleção rebateu o comentário de Schweinsteiger, que havia dito que os jogadores alemães "não queimam em campo", citando uma suposta falta de ânimo dos atletas.

- Não. Isso é um absurdo absoluto. Em que isso se baseia? Tentamos fazer melhor na segunda parte. Também sabíamos que a Costa Rica é muito perigosa nas bolas paradas. Essas são coisas que podemos fazer melhor. Não temos chance de fazer melhor na Copa do Mundo. Então vamos para casa agora, também desempenhamos um papel importante em nos ajudar a voltar para casa - declarou Flick.

Em três partidas do Mundial do Qatar, a Alemanha venceu apenas na última rodada (4 a 2 sobre a Costa Rica), mas dependia de uma vitória da Espanha sobre o Japão para se classificar ao mata-mata. O triunfo dos japoneses sobre a Fúria levou a seleção asiática às oitavas, eliminado os alemães.

Últimas