Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mauro Beting detona torcedor do Internacional e cenas de violência no Beira-Rio: 'Barbárie'

Jornalista foi até as redes sociais para se manifestar sobre o caso 

Lance|

Lance
Lance Lance

Na manhã desta segunda-feira, o jornalista esportivo Mauro Beting publicou um texto em sua rede social sobre as cenas lamentáveis protagonizadas por torcedores do Internacional no estádio do Beira-Rio, após a eliminação do Colorado no Campeonato Gaúcho para o Caxias.

- Um “torcedor” invadiu o gramado para chutar por trás um atleta do time visitante que acabara de eliminar nos pênaltis o favorito. À frente dele estava um companheiro de time do agredido. Este foi revidar quando viu que o agressor carregava no braço esquerdo uma criança. O inominável covarde usava no colo uma menina como escudo. E que funcionou. Lamentável dever dizer. O hominídeo teria ao menos levado uma ou algumas se as pessoas (de fato) não tivessem poupado a criança que a vida já não está poupando pelo diabo que a carregou pelo gramado do Beira-Rio: aquele desperdício de carbono ínfimo no Gigante colorado - iniciou.

+ Sorteio da Libertadores nesta segunda: veja a divisão dos potes que vão definir os grupos

Em um outro trecho da publicação, Mauro questionou sobre a normalização do público com casos como o ocorrido no Beira-Rio no último domingo. Segundo ele, nenhuma provocação feita dentro de campo pode gerar esse tipo de reação dos torcedores.

Publicidade

- Neste país que desmoralizou o inacreditável, tudo é crível. Mas, confesso, não estava preparado para ver. Nem rever. Sei que o atacante do Caxias que eliminou o Inter nos pênaltis botou as mãos nas orelhas ao celebrar (...) Até por ser Grêmio de contrato. Sei que hoje pouco se tolera. E é melhor que se contenham algumas celebrações para evitar que descerebrados e celerados façam o que fez esse monturo celular covarde que usou criança como escudo - ressaltou.

CONFUSÃO GENERALIZADA

Publicidade

Cenas lamentáveis ocorreram após a última penalidade que definiu a classificação do Caxias na noite de domingo, diante do Internacional, em confronto válido pela semifinal do Campeonato Gaúcho. A partida terminou em 1 a 1 no tempo normal e com vitória do Caxias por 5 a 4 nas penalidades.

Depois que o atacante Wesley Pomba comemorou o gol da vaga fazendo sinal como se quisesse ouvir o estádio do Beira-Rio, alguns jogadores do Inter correram em sua direção e a confusão foi iniciada.

Publicidade

+ Presidente do Internacional reclama de provocações do Caxias

Mesmo depois da intervenção buscada pelos seguranças que estavam próximos aos envolvidos na briga, breves momentos de enfrentamento foram vistos envolvendo nomes como Luiz Adriano, Rodrigo Moledo, Alan Patrick, dentre outros.

Tamanha foi a repercussão da confusão que um torcedor chegou a invadir o gramado do Beira-Rio e chutou um jogador do Caxias. O fato se torna ainda mais grave pelo fato do agressor em questão estar com uma criança de colo durante o ato.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.