Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Marta entra em campo e se emociona durante hino: 'É tudo diferente da primeira vez'

Maior artilheira dos Mundiais entrou aos 29 minutos da segunda etapa no lugar de Ary Borges, que anotou um hat-trick na estreia

Lance

Lance|Do R7

Marta substituiu Ary Borges no segundo tempo do jogo
Marta substituiu Ary Borges no segundo tempo do jogo Marta substituiu Ary Borges no segundo tempo do jogo

A seleção brasileira estreou com tudo na Copa do Mundo Feminina e goleou com facilidade a equipe do Panamá por 4 a 0, em jogo válido pelo grupo F. O confronto, que teve a estrela de Ary Borges brilhando com um hat-trick e uma assistência para Bia Zaneratto, teve também como um dos destaques a entrada de Marta no lugar da própria camisa 17, entrando em seu sexto e último Mundial. Após o confronto, a jogadora foi às lágrimas e relembrou os momentos de sua primeira Copa.

"Eu sempre me emociono na hora do hino. É algo que é costume meu. Voltei no tempo 20 anos quando ouvi o hino e lembrei da minha primeira Copa, quando era um momento muito diferente do que a gente vive hoje. Às vezes quando eu falo, sinto que as pessoas não entendem o que era diferente, e tudo era diferente da primeira vez. O ambiente, a maneira como as pessoas viam o futebol feminino, a mídia, o alcance... é uma história sendo feita atrás da outra. Não é à toa que vemos tantos jogos equilibrados, tudo evoluiu e isso é muito bacana de ver, mostra que o trabalho está sendo feito", disse a camisa 10.

· Compartilhe esta notícia pelo Whatsapp

· Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

A equipe de Pia Sundhage, com a goleada em Adelaide, na Austrália, assumiu a liderança da chave com três pontos e quatro gols de saldo. Na manhã de domingo, a França não saiu do zero contra a Jamaica, ficando com um ponto e facilitando a vida da seleção na briga por uma vaga na fase de mata-mata.

"O jogo da França ontem foi 0 a 0, então sabíamos que se a gente pudesse fazer gols para criar uma gordurinha, seria importante. Começar bem era o nosso objetivo, mas sem perder a característica do time, sem perder a maneira que a Pia (Sundhage) quer que a gente jogue. Nada melhor do que começar com um placar bom e ter três pontinhos no topo. Contra a França, vai ser totalmente diferente, mas ganhamos uma confiança a mais", completou a craque.

Publicidade

Leia também

Na próxima rodada, as francesas serão as adversárias de Marta e companhia. O jogo acontecerá no próximo sábado (29), às 7h (horário de Brasília), no Suncorp Stadium, em Brisbane, na Austrália. Caso vença a partida, as Guerreiras do Brasil já garantem um lugar nas oitavas de final e, dependendo do resultado entre Jamaica e Panamá, podem também assegurar a liderança da chave F.

Copa do Mundo: Brasil estreia com vitória de 4 a 0 contra o Panamá; veja as melhores fotos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.