Futebol 'Reforços' do profissional do Corinthians oscilam e não conseguem parar Endrick no sub-20

'Reforços' do profissional do Corinthians oscilam e não conseguem parar Endrick no sub-20

Jovens que tem feito parte do elenco principal reforçaram o time sub-20 na final do Brasileirão da categoria, mas não conseguiram ajudar para evitar o título do rival

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians foi derrotado pelo Palmeiras, neste domingo, na final do Brasileirão sub-20, dentro de casa, na Neo Química Arena. Apesar de contar com "reforços" que já atuam no profissional, a equipe comandada pelo ídolo Danilo não foi capaz de "parar Endrick" e derrotar o rival na decisão do campeonato de base.

GALERIA
> Veja os modelos finalistas para quarta camisa do Timão

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui


No time titular da decisão, o lateral-direito Léo Maná e o meia Matheus Araújo já tiveram experiência em campo com o time profissional. Ambos acabaram não tendo boas atuações e ficaram devendo. Maná, inclusive, foi titular no último jogo do Timão, contra o América-MG, pelo Brasileirão. Outros atletas já chegaram a treinar, mas de forma esporádica e não entraram em campo.

O meia Biro e os atacantes Giovane e Wesley também têm boas experiências na ‘equipe de cima’ do Corinthians, mas começaram a final do Brasileiro sub-20 no banco de reservas. Todos eles entraram no segundo tempo. Wesley e Biro até chegaram a participar de um gol corintiano, no acréscimos das partidas, mas ele foi anulado por conta de impedimento do meia. Os três tiveram boas atuações.

Biro até seria titular, mas no início do mês sofreu uma lesão muscular na coxa, enquanto defendia a Seleção Brasileira sub-20 no Torneio de Punta del Leste, no Uruguai, e não tinha condições de jogar.

Giovane não seria relacionado, pois está integrado ao elenco profissional, mas acabou indo para o jogo deste fim de semana por conta da lesão do atacante Felipe Augusto, que luxou o ombro na semifinal do Brasileirão sub-20, contra o Flamengo.

Mesmo com esse conjunto mais experiente de jogadores com bagagem no profissional, o Corinthians não conseguiu parar Endrick, que acabou fazendo o gol da vitória e do título do rival. Mesmo assim, a boa campanha, o fortalecimento da base e a experiência de jogar diante de um bom público na Neo Química Arena, são fatores que pesarão a favor mais para frente, em busca de títulos em 2023.

Últimas