Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Por que Arrascaeta começou no banco do Flamengo contra o Galo? Sampaoli explica

Uruguaio entra no intervalo e é o herói da vitória rubro-negra sobre o Atlético-MG

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

Flamengo venceu o Atlético-MG por 2 a 1, de virada, neste sábado, pelo Brasileirão. Com gol e assistência, Arrascaeta foi o craque da partida e levantou um debate pós-jogo: afinal de contas, por que o meia começou o jogo no banco de reservas?

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Jorge Sampaoli justificou a escalação pelo critério de dosagem de minutos de jogadores como Arrascaeta e Éverton Ribeiro, por exemplo.

+ Pedro sofre agressão de preparador físico de Sampaoli após vitória do Flamengo

- Cada jogo tem diferentes características. Arrascaeta é um dos jogadores que mais sente jogar a cada 48 horas. Pensamos que ele poderia jogar 45 minutos sem nenhum problema e por isso ele entrou depois. Éverton a mesma coisa. Estamos dosando minutos com eles. Penso sempre na maneira de vencer a equipe rival. Cada coisa que a gente fez é sempre para ganhar - disse Sampaoli, antes de completar:

Publicidade

- Arrascaeta é um jogador que determina para nós. Ter ele é sempre um jogador que vai mudar muitas coisas.

+ ATUAÇÕES: Arrascaeta é o melhor em vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG; veja as notas

Publicidade

Sampaoli também comentou sobre as mudanças táticas feitas na equipe durante o segundo tempo. A principal novidade foi a entrada de dois pontas ao mesmo tempo.

- Eu mudei o esquema no segundo tempo, sim, o time não estava com força para atacar. Tentei atacar com extremas, com Luiz Araújo e Cebolinha. O time empatou e depois foi buscar o segundo gol. Essa busca é o que mais importa. O time veio aqui para ganhar, sofreu um pouco. O adversário tem muito bons jogadores. Fazia cinco anos que o Flamengo não ganhava aqui, então, foi importante.

Publicidade

O Flamengo volta a campo na quinta-feira (3) para encarar o Olimpia, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. A partida será às 21h (de Brasília), no Maracanã.

E a agressão em Pedro?

Apesar da vitória de virada fora de casa, o principal assunto do pós-jogo foi a agressão do preparador físico Pablo Fernández no atacante Pedro. Como o episódio só se tornou público depois que o técnico deixou a coletiva de imprensa, Sampaoli não foi questionado e não comentou sobre o assunto.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.