Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Luis Enrique, técnico do PSG, defende Luis Rubiales em polêmica na Espanha: 'Trabalho sobressalente'

Presidente da federação espanhola beijou Jennifer Hermoso à força após conquista da Copa do Mundo Feminina

Futebol|

Lance
Lance Lance

A crise da seleção feminina da Espanha com o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Rubiales, chegou até a França. Questionado sobre o problema enfrentado pelo mandatário da RFEF, o técnico do PSG, Luis Enrique, foi na contramão de uma opinião majoritária mundial e optou por defender seu ex-chefe.

- O labor e o trabalho de Luis Rubiales à frente da RFEF nos últimos anos tem sido excepcional, tanto ele quando todo o seu corpo de trabalho. Eles elevaram o nível da performance, pode-se observar o resultado esportivo que eles conseguiram. Eu diria que o trabalho dele é sobressalente. Sobre os episódios que aconteceram, creio que o presidente reconheceu seus erros e não acho que devo dar minha opinião sobre o assunto. Repito, é um trabalho sobressalente - afirmou o comandante parisiense.

Luis Rubiales está sendo investigado por diversas entidades dentro e fora da esfera futebolística. A situação se deve a um beijo forçado dado pelo mandatário em Jennifer Hermoso, craque da Espanha, após o título da Copa do Mundo Feminina contra a Inglaterra. As companheiras de Hermoso se posicionaram contra o chefe da federação, que disse que não renunciará ao seu cargo, em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira.

Já o atual treinador do PSG foi escolhido por Rubiales para comandar a seleção em duas oportunidades. Primeiro, após a Copa do Mundo de 2018, quando precisou deixar o comando por problemas pessoais. Cinco meses depois, voltaria ao cargo de técnico da Fúria, fracassando após queda precoce para o Marrocos no Mundial do Qatar.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.