Futebol Jogador do Mallorca diz que Vini Jr usou racismo como ‘coringa’ para se defender

Jogador do Mallorca diz que Vini Jr usou racismo como ‘coringa’ para se defender

Atacante do Real Madrid discutiu com jogadores do Mallorca recentemente em duelo na La Liga, o que gerou uma polêmica na Espanha sobre a postura do jogador

Lance
Lance

Lance

Lance

Vinícius Júnior segue sendo pauta na Espanha. Após se envolver em discussões com o brasileiro em uma partida do Campeonato Espanhol, o zagueiro Raíllo, do Mallorca, acusou o atacante de ter usado o racismo como ‘coringa’ para se defender.

+ Didier Deschamps dá conselho ao técnico do PSG sobre Mbappé

- Vinicius que dance, mas não falte com respeito, não insulte e não menospreze os companheiros de profissão. Quando é chamado de provocador, usa o coringa do racismo - disse Raíllo em entrevista ao ‘Diário de Mallorca’.

Na vitória por 4 a 1 do Real Madrid sobre o Mallorca, no dia 11 de setembro, Vinícius Júnior entrou em discussões com jogadores adversários durante a partida, inclusive o próprio Raíllo. O brasileiro acusou o técnico Javier Aguirre de mandar seus atletas baterem nele no jogo.

Após a partida contra o Mallorca, a imprensa espanhola debateu a postura de Vinícius Júnior e deu ênfase para as comemorações dos gols. As danças do jogador brasileiro são vistas como uma provocação ao adversário.

+ Cristiano Ronaldo treina com olho roxo pela seleção de Portugal

Em meio a toda repercussão, um episódio ficou marcado. Foi quando o agente Pedro Bravo protagonizou uma fala racista contra o brasileiro. Ele disse que Vinícius teria que ‘parar de fazer macaquice', o que gerou uma onda de apoio ao jogador nas redes sociais.

Últimas