Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Dorival assume a culpa por derrota do São Paulo e cobra mudança no comportamento do elenco

Treinador afirmou que levou a campo o que tinha de melhor para a partida diante do América-MG

Futebol|

Lance
Lance Lance

Após a derrota do São Paulo por 2 a 1 para o América-MG, lanterna do Brasileirão, o técnico Dorival Júnior concedeu entrevista coletiva e assumiu a culpa pelo resultado negativo.

+ Renove o seu estoque de camisas do Tricolor com o cupom LANCEFUT 10% OFF

- Nós temos que sentir muito mais. Entender que o maior culpado fomos nós, e aí o treinador assume a a responsabilidade pelo resultado. Nós não poderíamos ter deixado acontecer o que aconteceu, fazendo o jogo da forma como nós fizemos - iniciou o treinador.

Na sequência, Dorival negou que a logística para chegada em Belo Horizonte tenha atrapalhado o time. O São Paulo saiu de Quito, no Equador, e chegou à capital mineira apenas na noite do último sábado (26), menos de 24 horas antes do jogo diante do Coelho. O técnico voltou a defender a ideia de que nenhum fator externo influenciou tanto para o resultado quanto a própria atuação da equipe e disse que a derrota precisa servir de exemplo.

Publicidade

+ Olho no Brasileirão! Assine o Prime Video e acompanhe todos os jogos do seu time do coração!

- A logística é uma situação que não é a ideal pra uma equipe de futebol, mas ela não pode ser levada em consideração nesse momento em que tivemos uma derrota, que para nós é marcante. Ela tem que marcar muito, ela tem que doer demais e ela tem que servir de exemplo daqui para frente.

Publicidade

Por fim, embora tenha assumido a culpa pelo resultado, o treinador negou que a escalação alternativa tenha influenciado no placar adverso. Dorival ainda afirmou que escalou os melhores jogadores à disposição e cobrou uma mudança de mentalidade no elenco.

- Fizemos o que foi melhor: colocamos em campo a melhor equipe fisicamente, e que poderia ter dado uma resposta. Não tivemos a competência de fazê-lo e me responsabilizo por isso, mas temos consciência: temos que mudar. E essa mudança ela passa por um todo. É uma mudança comportamental, porque nos jogos fora nós temos que dar algum tipo de resposta.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.