Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

De novo! Nos pênaltis e com as bênçãos de 'São Cássio', Corinthians bate o América-MG e avança às semifinais da Copa do Brasil; veja o resultado

Timão bateu o Coelho por 3 a 2 no tempo normal, mas como havia perdido por 1 a 0 no jogo de ida, precisou novamente da...

Futebol|

Lance
Lance Lance

Corinthians e pênaltis possuem uma relação de amor na Copa do Brasil. Pela terceira vez na competição, o Timão precisou da marca da cal para se classificar na competição nacional. Na tarde deste sábado (15), a equipe alvinegra venceu o América-MG por 3 a 2 no tempo normal. Mas, como havia perdido por 1 a 0 em Belo Horizonte, no último dia 5 de julho, precisou das penalidades para avançar, desta vez, às semifinais, onde terá um clássico pelo São Paulo pela frente. 

No tempo normal, os gols corintianos foram marcados por Renato Augusto, Yuri Alberto e Róger Guedes. Já no lado do América-MG, o argentino Benítez e o uruguaio Mastriani balançaram as redes. Na disputa por pênaltis, brilhou a estrela de Cássio, que defendeu duas cobranças. Marcinho também isolou um do lado americano. Porém, Adson parou em Mateus Pasinato na sua batida. Fábio Santos, Giuliano e Yuri Alberto marcaram, o último convertendo a penalidade decisiva..

+ Confira a tabela da Copa do Brasil e confira como ficou as semifinais da competição

CINCO LANCES QJE MARCARAM A PARTIDA

Publicidade

> !DUPLA SERTANEJA AFINADA! Matías Rojas e Renato Augusto foram as grandes novidades do Corinthians. Os mais aplaudidos pela torcida no anúncio da escalação, mostraram alinhamento e poder de decisão. O meia paraguaio, que fez a sua estreia nesta tarde, iniciou os lances em dois dos três gols corintianos. Renato abriu o placar logo no início do segundo tempo. 

> YURI DESENCANTA, MAS NÃO DESLIZA. Yuri Alberto estava sem marcar gols há quatro jogos. Teve duas grandes chances de marcar, mas em uma parou no goleiro Pasinato, e na segunda mandou na rede pelo lado de fora. Na terceira, não desperdiçou. Rojas iniciou a jogada, serviu Róger Guedes, que encontrou Ruan Oliveira. O meio-campista cruzou por baixo, e Yuri só completou para a rede. Na comemoração, um desabafo. Yuri tirou a camisa e, dessa vez, não deslizou de joelhos para o chão, como costuma acontecer. 

Publicidade

> RÓGER 'ARENA' GUEDES.

> SUL-AMERICANOS DO AMÉRICA LEVAM O JOGO PARA OS PÊNALTIS. Quatro minutos após o Corinthians fazer o segundo gol, Benítez diminuiu, empatando no agregado, com Benítez, que havia saído do banco de reservas, recebeu sozinho na entrada da área, girou com liberdade e acertou um lindo chute no canto esquerdo do goleiro Cássio. E quando o jogo estava 3 a 1 para o Timão, foi uma jogada entre os ‘gringos’ que colcou novamente o empate no placar agregado. O argentino Benítez passou com facilidade por dois marcadores, tabelou com liberdade com o seu compatriota, Emmanuel Martínez, e deixou o uruguaio Gonzalo Mastriani sozinho, na entrada da pequena área, para que o atacante só escorasse para o fundo do gol. 

Publicidade

> CÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁSSIOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!! Róger Guedes marcou pela 30ª vez na Neo Química Arena, igualando Jô como maior artilheiro da história da arena corintiana com a camisa alvinegra. Ele aproveitou um toque de cabeça do zagueiro Gil, no meio da área, após escanteio batido por Rojas, pelo lado esquerdo. 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

O primeiro tempo foi ótimo. Precisando do resultado, o Corinthians foi para cima e teve boa chance de abrir o placar logo no primeiro minuto, obrigando o goleiro Mateus Pasinato a fazer boa defesa. E, ainda que o jogo tenha entrado em um limbo entre os 10 e 20 minutos, o Timão empilhou oportunidades desde então. E a maioria passou pelos pés do estreando Matías Rojas. Que finalizou com perigo de fora da área, deu passe de três dedos para Róger Guedes cabecear na trave. O América-MG, por sua vez, levou perigo quando teve a chance na frente. A primeira foi no início do jogo, com Emmanuel Martínez cobrando falta e obrigando Cássio a fazer boa defesa. Na segunda, já no fim da etapa inicial, Mastriani saiu na cara do gol, mas foi fechado pelo goleiro corintiano.

E A ETAPA FINAL?

E se o primeiro tempo terminou sem gols, o segundo já começou com bola na rede. Logo aos dois minutos, Fagner cruzou na cabeça de Renato Augusto, que subiu mais que toda a defesa americana e abriu o placar. E o segundo gol corintiano saiu aos 20 minutos, com Yuri Alberto desencantando após quatro jogos sem marcar. A trama começou com Matías Rojas, que encontrou Róger Guedes. O atacante serviu Ruan Oliveira, que cruzou por baixo e achou Yuri, para escorar com o gol vazio. Porém, quatro minutos depois, o América-MG descontou com Benítez. O argentino recebeu com liberdade na entrada da área, girou com mais liberdade ainda e acertou um belo chute no canto alto de Cássio do lado esquerdo. Mas também foram quatro minutos que separaram o gol do Coelho do terceiro corintiano, que foi marcado por Guedes. Rojas bateu escanteio, Gil escorou de cabeça no meio da área, e o camisa 10 entrou sozinho no segundo pau. Mas quando o jogo se desenhava para uma classificação corintiana, a defesa do Timão marcou touca. Benítez passou com muita facilidade por dois marcadores, tabelou com Martínez, e serviu Mastriani, que fechou sozinho na entrada da pequena área e só tocou no fundo das redes, levando a decisão para os pênaltis.

DISPUTA POR PÊNALTIS

O Corinthians converteu três das quatro cobranças na disputa por pênaltis. O principal deles com Yuri Alberto, que converteu o definitivo. Fábio Santos e Giuliano também marcaram. Somente Adson perdeu, parando no goleiro Mateus Pasinato. Mas foi na meta abençoada pelo goleiro Cássio que o Timão avançou de fase. O capitão corintiano defendeu duas cobranças: a primeira, praticamente recuada pelo atacante Paulinho Bóia, já a segunda com os pés, batida por Benítez. 

+ CONFIRA MAIS DETALHES DA PARTIDA

OS NÚMEROS DA PARTIDA

O QUE VEM POR AÍ?

O Corinthians volta a campo na próxima terça-feira (18), quando encara o Universitario, do Peru, no estádio Monumental, em Lima, pela Copa Sul-Americana. O Timão venceu o jogo de ida, válido pela fase de playoffs, por 1 a 0, nesta semana. Já no próximo sábado (22), a equipe alvinegra enfrenta o Bahia, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. 

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 (3) X 2 (1) AMÉRICA-MG

COPA DO BRASIL - QUARTAS DE FINAL - JOGO DE VOLTA

Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)

Data e hora: 15 de julho de 2023, às 16h30 (de Brasília)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (FIFA-/C)

Assistentes: Bruno Boschilia (FIFA/PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Árbitro de vídeo: Rodolpho Toski Marques (FIFA/PR)

Público e renda: 45.006 (44.655 pagantes) / R$ 2.613.772

Cartões amarelos: Fagner, Gabriel Moscardo, Róger Guedes e Yuri Alberto (Corinthians); Benítez (América-MG)

Cartões vermelhos:

GOLS: 1-0 Renato Augusto (2'/2T); 2-0 Yuri Alberto (20'/2T); 2-1 Benítez (24'/2T); 3-1 Róger Guedes (28'/2T); 3-2 Mastriano (37'/2T)

CORINTHIANS

Cássio; Fagner (Bruno Méndez, 10'/2T), Gil, Murillo e Fábio Santos; Gabriel Moscardo (Matheus Araújo, 44'/2T), Fausto Vera (Ruan Oliveira, 10'/2T), Renato Augusto (Giuliano, 37'/2T) e Matías Rojas (Adson, 37'/2T); Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

AMÉRICA-MG

Mateus Pasinato; Marlon (Marcinho, 30'/2T), Iago Maidana, Éder e Danilo Avelar (Nicolas, 4'/1T); Lucas Kal (Paulinho Bóia, 30'/2T), Juninho (Breno, 30'/2T) e Emmanuel Martínez; Pedrinho, Gonzalo Mastriani e Everaldo (Benítez, 8'/2T). Técnico: Vagner Mancini.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.