Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após atraso com direitos de imagem, diretor de futebol do São Paulo confirma pagamento de parte do valor

Segundo Carlos Belmonte, um dos meses que estava em atraso já foi pago

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

Na última semana, um novo problema veio à tona no São Paulo: o atraso de quase três meses dos direitos de imagem dos jogadores. Porém, segundo o diretor de futebol Carlos Belmonte, um destes meses já estaria pago e o clube pretende quitar logo estas dívidas com os atletas.

Para contextualizar, os direitos de imagem representam uma boa parcela do valor que cada jogador recebe por mês. Este atraso teria dois meses completos, mas perto de encaminhar para o terceiro. Recentemente, o Conselho Deliberativo também aprovou quatro novos empréstimos, que como o LANCE! adiantou, eram esperados para quitar algumas dívidas com a equipe.

São Paulo reencontra Tigre; Botafogo enfrentará altitude: veja os grupos da Copa Sul-Americana

Veja tabela do Campeonato Paulista

Publicidade

Em entrevista à 'ESPN' durante o sorteio da fase de grupos da Copa Sul-Americana, Belmonte destacou que um dos meses em atraso foi pago nesta semana, mas o segundo ainda estaria em aberto. Porém, segundo suas palavras, afirmou que a 'prioridade é estar em dia com o elenco'.

- Agora nosso foco é pagar os atletas em dia. Estávamos com duas imagens em atraso, agora nessa semana estamos pagando uma imagem, uma ainda está em aberto - afirmou.

Publicidade

O vencimento do terceiro mês ainda não teria acontecido. Entretanto, ressaltou que o São Paulo pretende pagar estes valores 'o mais rápido possível'.

- No dia 30 de abril, vence mais uma. Queremos fazer esse pagamento o mais rápido possível e sempre buscar ficar em dia com os atletas. Isso para nós é fundamental - completou.

Publicidade

A eliminação contra o Água Santa teria contribuído para a complicação da questão financeira. Eliminado nas quartas, o São Paulo deixou de lucrar tanto com bilheteria quanto com o valor que receberia com as classificações - sem contar uma provável premiação na final.

Inclusive, estava previsto nas metas orçamentárias do clube que era esperado que, como aconteceu nos últimos dois anos, o Tricolor chegasse na final do Estadual. Ao todo, foram quase R$ 10 milhões que o clube deixou de ganhar.

Outra derrota que causou um grande impacto foi na final da Copa Sul-Americana, no ano passado, contra o Independiente Del Valle. Visto como o grande favorito ao título, o Tricolor não conseguiu ser campeão, e assim, deixou de lucrar quase R$ 30 milhões - que receberia na premiação.

Este dinheiro estava sendo visto como uma das grandes metas do clube no continental, além de romper o jejum de títulos de grande porte mantido desde 2012.

Esta não é a primeira vez que estes atrasos acontecem. No último ano, foi algo que ocorreu durante todo o segundo semestre.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.