Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Alexandre Gama projeta temporada na Tailândia e elogia futebol do Botafogo

Treinador brasileiro projetou temporada sob comando do Lamphun Warrior

Futebol|

Lance
Lance Lance

Das últimas 12 temporadas do futebol, o técnico Alexandre Gama se dedicou em 11 ao futebol tailandês. Conhece as competições, o estilo de jogo e até mesmo o clima como poucos jogadores ou treinadores que estão no país.

Nesse período, o treinador comandou quatro times e conquistou muitos títulos, recordes e reconhecimento por onde passou, mas o brasileiro busca melhorar ainda mais seu rendimento. Técnico do Lamphun Warrior foi questionado sobre os planos para 2023/2024 e aproveitou para fazer uma análise das competições:

- A pré-temporada está sendo boa, estamos aproveitando bem, são 45 dias para preparar o time, a gente acha que isso é um bom tempo para que se consiga colocar o time em um bom nível. O projeto é ficar em uma colocação melhor, não passar tanto sufoco, como no ano passado. O objetivo grande também é ficar entre os seis primeiros, tentar conseguir alguma coisa nas Copas e surpreender. O time tem um perfil para jogar Copa, é uma competição que ganhei muito por aqui - ponderou. 

Apesar de estar do outro lado do mundo, Gama tem três jogadores brasileiros. Tauã está indo para sua quinta temporada, Dennis Murilo para a nona e Lucca para a segunda. Ter atletas adaptados ao país não é uma coincidência. Segundo o treinador, isso foi algo planejado para que facilitasse e os jogadores não sentissem tenta dificuldade. Para finalizar, o técnico também falou sobre o futebol brasileiro e destacou o Botafogo como a grande surpresa do Brasileirão, mas chamou atenção de forma negativa para as arbitragens e erros do VAR.

- O relacionamento com os atletas brasileiros é bom, fica mais fácil para eles terem uma comissão brasileira. A comunicação, o entendimento, esse era um objetivo nosso de ter jogadores que estão adaptados, que conhecem a liga, para não ter problema e não atrapalhar o rendimento do time. Todos eles podem jogar juntos, apesar de serem atacantes, tem característica diferente, se completam. Sobre o futebol no Brasil, o fuso horário é uma diferença grande, mas sempre faço tudo para acompanhar. O Brasileirão está com algumas surpresas, o Botafogo está jogando muito bem, o que ninguém esperava, e consegue se manter na frente, mas está fazendo jogos de muita intensidade, muita velocidade, com um conjunto muito bom, uma entrega e tudo dando certo também. O que eu vejo nessa liga é muito erro de arbitragem, muito erro do VAR, que veio para ajudar e no final não está ajudando. Não estão tirando bom proveito da tecnologia para melhorar o futebol - concluiu.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.