Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

FIA 'quebra silêncio' sobre denúncia de funcionária da RBR contra Horner

Entidade emitiu um comunicado sobre toda polêmica

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) tomou a palavra diante da denúncia feita por uma funcionária da equipe Red Bull Racing (RBR) contra o chefe da equipe, Christian Horner.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O comunicado da FIA vem à luz das alegações de conduta sexual imprópria feitas no último sábado (16), lançando uma sombra sobre a integridade da equipe e desencadeando uma onda de investigações e debates sobre o assunto. Em sua declaração, a entidade reiterou o compromisso de conduzir qualquer investigação com total sigilo e imparcialidade.

➡️ Medina se classifica, mas outros seguem na briga: o calendário do Time Brasil até Paris 2024

Publicidade

- Na FIA, as dúvidas e reclamações são recebidas e gerenciadas pelo Diretor de Conformidade e pelo Comitê de Ética, quando apropriado. Ambos os órgãos funcionam de forma autónoma, garantindo estrita confidencialidade em todo o processo - emitiu a Federação Internacional de Automobilismo.

Enquanto a RBR concluiu uma investigação interna sobre as alegações contra Horner, a qual o absolveu de qualquer irregularidade, a denúncia formal da funcionária à FIA garantiu que o caso continuasse em pauta. A FIA, por sua vez, enfatizou sua posição neutra e independente diante do caso, ressaltando que garantirá a confidencialidade em todo o processo.

Publicidade

- Como consequência, e em geral, não podemos confirmar o recebimento de qualquer reclamação específica e é improvável que possamos fornecer mais comentários sobre as reclamações que possamos receber de quaisquer partes - finalizou a entidade.

Após a vitória de Max Verstappen no GP do Bahrein, na abertura da temporada de Fórmula 1 de 2024, Horner expressou sua confiança em sua permanência como chefe de equipe. No entanto, a presença de sua esposa, Geri Halliwell, ex-Spice Girl, no circuito de Sakhir e as fotos com Chalerm Yoovidhya, principal acionista da empresa que patrocina a RBR, não foram suficientes para dissipar as nuvens de controvérsia.

À medida que o caso se desdobra, com a suspensão da funcionária que fez a denúncia contra Horner durante o GP da Arábia Saudita, a polêmica parece longe de chegar ao fim. Em uma entrevista coletiva, Horner elevou o tom, clamando pelo fim da "intromissão na família" em meio ao turbilhão de críticas e acusações.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.