Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Conheça a trajetória de Praxedes até chegar ao Vasco

Jogador foi anunciado pelo Cruz-Maltino, nesta quinta-feira, como o quinto reforço desta janela de transferências

Lance

Lance|Do R7


Lance
Praxedes foi anunciado pelo Vasco nesta quarta-feira (26) (Foto: Daniel Ramalho/VASCO)

O meia Praxedes foi o quinto reforço anunciado pelo Vasco nesta janela de transferências. O jogador foi cedido pelo RB Bragantino por empréstimo até o final da temporada.

Praxedes tem passagem pelas categorias de base do Fluminense. Pelo Tricolor das Laranjeiras era tratado como jogador para compor elenco. No entanto, ainda estava na fase de maturação.

+ Vasco se aproxima de acerto com River Plate por Robert Rojas

Já no Internacional, clube que o revelou, Praxedes foi destaque do time campeão da Copinha de 2020. Inclusive, foi eleito o melhor jogador da competição.

Publicidade

Quando começou a figurar entre o profissionais, Praxedes foi fundamental na equipe comandada por Abel Braga, que hoje Diretor Técnico do Vasco.

+ Vasco negocia com o Feyenoord a contratação de meia argentino

Publicidade

- Ele se destacou quando entrou no time titular com o Abel Braga no final de 2020. Viveu três a quatro meses de momento. Sendo um terceiro homem do meio-campo. Chegando na frente, tento boa finalização, mas o principal era armação de jogadas do time. Ele também tinha obrigação defensiva. Com recomposição no meio-campo - pontuou Paulo Nunees, jornalista da Rádio Guaíbba, de Porto Alegre. E opinou sobre a chegada de Praxedes no Vasco:

- O Praxedes de 2020, sim (mudar o patamar do elenco). O de hoje, sinceramente, acho que não pq nem joga no Bragantino. Mas é uma aposta válida para o Vasco. E tomara que recupere o seu futebol aí no Rio de Janeiro.

Publicidade

Após a passagem pelo Internacional, Praxedes foi comprado pelo RB Bragantino. O meia é a contratação mais cara do clube paulista.

A chegada de Praxedes ao Bragantino foi sob muita desconfiança. O meia foi contratado para jogar no mesmo setor de Claudinho, atacante do Zenit-RUS. No entanto, o jogador foi fundamental na conquista do vice-campeonato da Sul-Americana.

O Bragantino contratou outros jogadores. Com isso, Praxedes acabou perdendo espaço.

+ Novo atacante do Vasco, Sebastián Ferreira viveu o auge sob o comando de Ramon Díaz; veja os números

- Jogadores como Hyoran, Eric Ramires e Bruninho se tornaram mais importantes que ele com o tempo, muito por conta da intensidade. O Praxedes é um jogador mais técnico, mas de pouca mobilidade. O Bragantino tem por filosofia um jogo mais agressivo, de marcação alta e recuperação rápida da bola, nesse sentido ele não entrega tanto, por isso perdeu a posição e espaço com o Barbieri e depois com o Caixinha - revelou Diego Perez, setorista do Bragantino na rádio 102,1FM.

Para Diego, a pouca minutagem e o banco de reservas não fizeram bem a Praxedes. Isso foi um dos fatores que fizeram o Bragantino negociar o meia.

- O banco de reservas e a falta de espaço não fizeram bem pra ele, também. Ele começou a oscilar um pouco nos treinos, o que deduzi pelas respostas dos técnicos quando questionados sobre o Praxedes. As respostas eram sempre no sentido de "só depende dele…". Por isso o clube e o staff do atlteta viram com bons olhos um empréstimo e novos ares disse.

Antes de atuar na categorias de base do Fluminense, Praxedes passou pelo Vasco. Por isso, os vascaínos "brincaram" nas redes sociais e afirmam que o meia está "voltando" ao Cruz-Maltino.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.