Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Confira como ficou o grid de largada do GP do Canadá após as punições

Horas depois da classificação, a FIA aplicou uma série de penalidades por incidentes ocorridos durante a etapa

Lance|

Lance
Lance Lance

A chuva em Montreal causou caos durante a classificação do GP do Canadá, que ocorreu neste sábado (17). O fenômeno natural provocou erros e incidentes por parte dos pilotos, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) teve que analisar e intervir em cada caso. O resultado foi um festival de sanções, quatro pilotos foram penalizados e perderam posições no grid desta etapa.

O primeiro a levar o corretivo da direção foi Carlos Sainz, da Ferrari. Os comissários entenderam que ele foi o culpado por atrapalhar Pierre Gasly, piloto da Alpine, durante o Q1. O piloto do carro #55 tomou três posições e caiu de oitavo para 11º. Não durou muito tempo para a entidade também reagir contra Yuki Tsunoda e Lance Stroll, que também perderam três colocações no grid por situações semelhantes a do espanhol.

Por último, Nico Hulkenberg, piloto da Haas, perdeu a sua inédita primeira fila e foi para a quinta colocação por ter infringido as regras da bandeira vermelha na parte final da classificação. A organização definiu que por andar o limite de velocidade previsto, em casos de bandeira vermelha, o alemão deveria ser punido. Com isso, Fernando Alonso subiu para segundo e os dois pilotos da Mercedes ocupam a segunda fila.

Com essa mudança, o grid do Circuito Gilles Villenueve ficou assim: Max Verstappen, Fernando Alonso, Lewis Hamilton, George Russell, Nico Hulkenberg, Esteban Ocon, Lando Norris, Oscar Piastri, Alex Albon, Charles Leclerc, Carlos Sainz, Sergio Perez, Kevin Magnussen, Valtteri Bottas, Pierre Gasly, Lance Stroll, Nycki De Vries, Logan Sargeant, Yuki Tsunoda e Guanyou Zhou.

+Veja: Fórmula 1: fatos, curiosidades e momentos marcantes do Grande Prêmio do Canadá

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.