Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Carlo Ancelotti: títulos e carreira do técnico que pode assumir a Seleção Brasileira

Conheça a vitoriosa trajetória do treinador italiano cotado para substituir Tite

Lance|

Lance
Lance Lance

Carlo Ancelotti é considerado um dos melhores treinadores do mundo, sobretudo por conta dos feitos com o Real Madrid. A chegada do técnico italiano à Seleção Brasileira agrada aos jogadores, mas o contrato com o clube espanhol tem sido a maior dificuldade. Enquanto o Brasil fica sem um treinador, Ramon Menezes assume à frente de forma interina.

+ Na espera de Ancelotti, CBF não descarta a contratação de um ‘tapa-buraco’ para a Seleção Brasileira

Com passagem por diversos clubes do futebol europeu e uma trajetória vitoriosa, o treinador italiano coleciona inúmeros títulos na carreira. Ancelotti é o maior vencedor da Liga dos Campeões, com quatro conquistas da competição continental mais importante do mundo: duas pelo Milan (2003 e 2007) e duas pelo Real Madrid (2014 e 2022).

Nascido em 1959, Carlo Ancelotti fez seu primeiro trabalho como treinador no Regianna-ITA, em 1995, três anos após encerrar a sua carreira como jogador de futebol. Nos anos seguintes, teve passagem por mais três equipes italianas: Parma, Juventus e Milan. No Rossonero, conquistou a incrível marca de oito títulos: duas Ligas dos Campeões, um Mundial de Clubes, duas Supercopas da Uefa, uma Coppa Italia, uma Supercopa da Itália e um Campeonato Italiano.

Publicidade

Desde então, o técnico italiano passou por outros grandes times da Europa, como Chelsea-ING, Paris Saint-Germain-FRA, Bayern de Munique-ALE, Napoli-ITA e Everton-ING. Em praticamente todos, Ancelotti se consagrou campeão de títulos expressivos no futebol europeu. Mas com certeza, as suas passagens de maior destaque foram no Real Madrid, seu atual clube.

Pela equipe merengue, foi campeão do Campeonato Espanhol (2021/22), duas vezes da Copa do Rei (2013/14 e 2021/22), da Supercopa da Espanha (2022/22), duas vezes da Liga dos Campeões (2013/14 e 2021/22), duas vezes da Supercopa da Uefa (2013/14 e 2021/22) e, por fim, venceu duas vezes o Mundial de Clubes (2014 e 2023).

Publicidade

+ Alex Telles comenta indefinição no comando técnico da Seleção Brasileira: ‘Não é normal’

Por seu estilo mais ofensivo e capacidade de potencializar jogadores jovens, Ancelotti é visto como a opção que melhor se encaixa na Seleção Brasileira. O técnico desenvolve um jogo principalmente de controle de ações, em que a velocidade e a posse de bola são prioridades, exatamente o que buscam os dirigentes da CBF para o comando da Amarelinha.

Publicidade

Em relação a conquistas individuais, o treinador italiano já foi premiado várias vezes. Em 2007 e 2014, foi considerado o melhor treinador do mundo pela Federação Internacional de Histórias e Estatísticas do Futebol (IFFHS). Já no ano de 2019, estava na lista de 10 maiores treinadores da história do futebol feita pela revista France Football.

Nesta terça-feira (13), a novela entre a Seleção Brasileira e Carlo Ancelotti ganhou mais um capítulo. O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, esteve presente na sede da Federação Espanhola de Futebol (RFEF) para promover um evento antirracista e mostrou que não houve desistência para contratar o italiano.

Recentemente, Ancelotti voltou a afirmar que não vai assumir a Seleção Brasileira e que vai cumprir o contrato com o Real Madrid até o final, em junho de 2024. Ednaldo Rodrigues mostrou que a negociação permanece e que vai abrir negociação de forma mais direta, mas não garante esperar o treinador até 2024.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.