Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Sampaoli põe ponto final em ‘caso Pedro’ e diz que confia no grupo

No primeiro jogo após agressão sofrida por Pedro, Jorge Sampaoli diz que caso está encerrado e comemora boa vitória sobre Olimpia

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

No que depender de Jorge Sampaoli, o ‘caso Pedro’ está encerrado no Flamengo. Após a vitória rubro-negra desta quinta-feira (3), sobre o Olimpia, pelas oitavas de final da Libertadores, o treinador colocou uma pedra sobre o assunto e afirmou, portanto, que não tornará a comentá-lo. Para o treinador, uma questão já resolvida internamente.

Sampaoli, que na manhã seguinte à agressão do ex-preparador físico Pablo Fernandez a Pedro, se manifestou pelas redes sociais, recebeu obviamente uma pergunta sobre o tema na coletiva após o jogo. Mas o argentino não deixou de respondê-la. Pela primeira vez, adotou um tom crítico a Pablo, que acabou demitido após o soco que deu no atacante rubro-negro, chamando a atitude de ‘lamentável’:

“Me expressei publicamente sobre um fato pontual de duas pessoas. O que Pablo fez foi lamentável e ele teve que deixar o clube. Mas, sempre que tenho que falar com meus companheiros de trabalho, eu falo da porta para dentro. Então, o tema está resolvido: não tenho nada mais a falar sobre isso”.

Vitória sobre Olimpia deixa argentino confiante

Para além da óbvia repercussão do assunto, Sampaoli não deixou de comentar (e comemorar) a apertada, mas importante vitória em cima do Olimpia. Com o 1 a 0 conquistado no Maracanã, o Flamengo vai ao Paraguai jogando por um empate, na próxima quinta, para chegar às quartas da Copa Libertadores.

Publicidade

E Sampaoli aproveitou a oportunidade para reforçar que acredita no seu time. O treinador do Flamengo lembrou que sempre jogou primeiro em casa, em todas as eliminatórias de ida e volta que disputou, desde que chegou ao Flamengo. Ademais, disse que confia na cancha do elenco para garantir a classificação, mesmo longe do Rio:

“Desde que assumi aqui, todas as definições foram fora de casa. O grupo tem grandeza para definir fora. Inclusive, foi assim na primeira semifinal da Copa do Brasil com o Grêmio. Então, estou confiante com o grupo. Temos muita experiência e personalidade para enfrentar essas situações. O jogo de volta, no Paraguai, vai ser extremamente difícil, mas estou muito confiante”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.