Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Romário tem cachê da série penhorado pela Justiça

Romário, de 58 anos, contesta uma dívida de R$ 1,2 milhão por causa de mensalidades de aluguel de um imóvel em Brasília

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Saulo Cruz/Agência Senado Saulo Cruz/Saulo Cruz/Agência Senado

A Justiça do Distrito Federal ordenou a penhora dos pagamentos da HBO Brasil ao senador e ex-jogador Romário, de 58 anos, em decorrência de uma dívida de R$ 1,2 milhão com a empresa Fashion Park Empreendimentos Imobiliários. “A informação é da Folha de S.Paulo”.

Essa decisão surge após o lançamento de uma série documental disponível no streaming “Max” chamada “Romário, o cara”, que narra a trajetória do ex-jogador até o título da Copa de 1994. Isso porque Romário é considerado um dos maiores atacantes da história.

Além disso, o processo, iniciado em 2016, resulta de uma ação movida pela Fashion Park, que alega falta de pagamento das mensalidades de aluguel de um imóvel residencial de 800 m² em Brasília pelo senador.

O Baixinho contestou o valor da dívida, argumentando inclusão de mensalidades já quitadas, multas indevidas e erro no cálculo da atualização monetária. Embora não possa mais recorrer no mérito do processo, que já transitou em julgado, ele pode questionar o cálculo da dívida e a penhora de sua remuneração. Os valores penhorados deverão ser depositados em uma conta judicial.

Publicidade

Romário e os processos na Justiça

Romário ingressou na política em 2010, sendo eleito deputado federal e posteriormente senador em 2014. Em 2022, foi reeleito senador pelo PL. Além desse processo, o Baixinho enfrenta outras questões na Justiça.

Publicidade

Na semana passa, a Justiça do Distrito Federal cancelou um leilão um apartamento do ex-jogador por conta de uma dívida com o ex-volante Dunga. O senador também está sendo investigado pela Polícia Federal e o Ministério Público.

Isso porque a  ação investiga um suposto envolvimento em suposto esquema de desvio de dinheiro de projetos de esportes da Prefeitura do Rio. Aliás, o vereador e dirigente do Flamengo Marcos Braz também é investigado.

Publicidade

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.

<