Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Renato Portaluppi deixa Porto Alegre e vai para o Rio de Janeiro

Treinador do Grêmio deixou o hotel onde mora na última segunda por conta das enchentes. De longe, revelou que seguirá ajudando os afetados...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução / Radio GreNal

Após ser resgatado no hotel onde mora por conta da enchente em Porto Alegre, Renato Portaluppi deixou a capital gaúcha nesta terça-feira (7) e vai ficar no Rio de Janeiro até a situação no Rio Grande do Sul voltar ao normal. A decisão foi tomada após reunião com Alberto Guerra, presidente do Grêmio.

Nesta terça, a CBF anunciou um novo adiamento com relação aos compromissos das equipes gaúchas até o dia 27 de maio. No caso, as partidas que envolvem times de todas as divisões do Campeonato Brasileiro, tanto nas condições de mandante como visitante. Assim, o Imortal está com suas atividades suspensas desde a semana passada, uma vez que o CT Luiz Carvalho e a Arena estão bastante afetados pelas enchentes.

Na última segunda-feira, Renato deixou o hotel onde mora, na Zona Norte de Porto Alegre, e foi para outro local. Agora, com a confirmação do adiamento dos jogos e o estado caótico no Rio Grande do Sul, ele decidiu ir para o Rio de Janeiro enquanto os trabalhos estão paralisados. No entanto, apesar da distância, ele garantiu que seguirá ajudando pessoas impactadas pela tragédia.

Renato tem conversa com presidente do Grêmio

Publicidade

“Depois de uma conversa com o presidente Guerra e com os demais membros da diretoria, chegamos à conclusão que seria melhor deixar Porto Alegre. Somente por isso estou indo para o Rio de Janeiro. E mesmo de lá vou seguir ajudando o máximo que eu puder. Afinal, a situação é muito complicada. Estávamos sem água no hotel e do Rio de Janeiro vou conseguir mobilizar muito mais pessoas para seguir ajudando. Toda a minha força, meu carinho e meu apoio ao povo gaúcho”, disse.

Durante as folgas e férias, Renato Portaluppi viaja ao Rio de Janeiro, onde tem residência. Dessa maneira, o Imortal ainda não tem um prazo para retornar às atividades e monitora de perto a tragédia no estado.

Publicidade

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.