Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Rafael Paiva cita equilíbrio e projeta futuro: ‘À disposição do Vasco’

Cruz-Maltino volta a vencer no Brasileirão e deixa Z4 com técnico interino. Paiva diz que não sabe o que vai ser amanhã e elogia Payet...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução/VascoTV

Técnico interino do Vasco, Rafael Paiva elogiou o time e a atuação cruz-maltina após vencer o Vitória neste domingo. Em entrevista coletiva, afinal, o comandante falou sobre o seu trabalho nestas três partidas e afirmou que o objetivo inicial era equilibrar a equipe.

“Desde o primeiro jogo que eu assumi, precisava equilibrar a equipe. A gente tentou primeiro organizar a defesa para a gente ser um pouco mais sólido defensivamente. Eu acho que no jogo do Fortaleza a gente conseguiu fazer isso bem. Do Athletico, a gente sofreu ali com uma expulsão logo no começo. Mesmo assim, a gente conseguiu sustentar bem o jogo defensivamente. Sofremos, mas tomamos um gol só do Athletico. Então o caminho era ir evoluindo o meio e o ataque, ficar mais com a bola, criar mais situações de gol. Eu acho que o Vasco já conseguiu dar respostas nesse jogo”, disse Paiva, que completou:

“Acho que a gente conseguiu equilibrar um pouco o time, defender bem, ser um pouco mais sólido, mais equilibrado para jogar com a bola. Eu acho que nesses três jogos a gente já conseguiu equilibrar um pouco mais a equipe. O próximo treinador que vem já pega uma equipe muito madura. O Vasco tem grandes jogadores, experientes, eu acho que tem a capacidade de se organizar bem independente do treinador que venha, ou da escola que ele vem, ou da forma que ele vai querer jogar.”

Publicidade

Mais de Rafael Paiva: futuro e Payet

O Vasco está perto de fechar a contratação do técnico Álvaro Pacheco, que será o substituto de Ramón Díaz. O português está no Vitória de Guimarães (POR), mas tem situação bem encaminhada com o Cruz-Maltino. Assim, Rafael Paiva evitou falar sobre o possível novo comandante, mas se colocou à disposição do clube.

Publicidade

“Estou sempre à disposição do Vasco, seja no sub-20 ou no profissional. Para ajudar da melhor maneira possível. Conseguimos a vitória hoje e conseguimos qualificar um pouquinho nosso jogo, com a bola, que é o que a gente busca. Não sei ainda o que vai acontecer. Por enquanto eu vou trabalhar para tentar evoluir mais os atletas e a gente evoluir cada vez mais. O que eu falaria para quem chegar é que é um grupo talentoso, técnico, competitivo, que estava incomodado com a situação, acho bem importante isso. Estava incomodado que as vitórias não estavam vindo”, declarou.

Por fim, ele também falou sobre o francês Dimitri Payet, que deu duas assistências neste domingo. Paiva rasgou elogios ao camisa 10, que está voltando de uma contusão no joelho direito.

Publicidade

“Payet é um jogador muito diferente. Estava se recondicionando e estava incomodado de não estar jogando, porque sabe que pode ajudar muito o Vasco. E hoje ele provou isso mais uma vez. É muito talentoso, muito competitivo, que gosta de jogar com a bola, gosta de toda hora buscar assistência, o jogo vertical e qualificou muito o nosso jogo. Organizou a nossa posse de bola e conseguimos construir melhor do que nos outros jogos. Foi premiado com duas assistências”, frisou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.