Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Porto arrasa o Benfica: 5 a 0. Sporting é, de novo, líder em Portugal

No Estadio do Dragão, portistas fazem exibição de Gala, com quatro gols de brasileiros. Benfica perde a ponta para os Sportinguistas...

Jogada 10|

Foto: Miguel Riopa/AFP  via Getty Images
Foto: Miguel Riopa/AFP  via Getty Images Foto: Miguel Riopa/AFP  via Getty Images (Jogada 10)

O Porto arrasou o Benfica, neste domingo (3/3) no clássico pela 24ª rodada do Campeonato Português. No Estádio do Dragão para euforia da sua torcida, deu uma exibição de gala, a melhor da temporada. Dessa forma, goleou os maiores rivais por 5 a 0. E com um show brasileiro. Quatro gols foram brazucas: o maranhense Galeno (naturalizado português) fez dois e ainda deu a assistência para o gol de Wendell, lateral-esquerdo convocado por Dorival Jr para a Seleção. E o ex-gremista Pepê deixou o dele. No fim, o inglês Danny fechou o placar para festa de quase todos os 49.013 presentes aos estádio (do total, 2 mil eram benfiquistas).

A vitória lava a alma e diminui um pouco a frustração com a campanha do time portista, que está em terceiro lugar, com 52 pontos e vê o Braga (49) em seus calcanhares. Esta posição só dá vaga para a Liga Europa, já que apenas os dois primeiros vão à Champions. O Benfica, com a derrota, parou nos 58 pontos e caiu para o segundo lugar. Agora, a liderança é do Sporting, que neste domingo venceu o Farense por 3 a 2 e tem 59. E com com jogo a menos.

Veja aqui a tabela de classificação do Campeonato Português

Porto arrasador

Já no primeiro tempo se via um Porto dominante diante de um Benfica que em nada lembrava o time que entrou nas rodadas na liderança (embora com um jogo a mais do que o Sporting). Os portistas mostraram uma eficácia que há muito não se via, E que teve nos brasileiros os seus diferenciais. O Dragão para o intervalo vencendo por 2 a 0, dois gols de Galeno, aos 20 e 44 minutos. No primeiro, com uma sobra de escanteio e o segundo concluindo cruzamento de Evanílson.

Publicidade

No segundo tempo, Galeno, o melhor em campo, avançou pela esquerda e tocou para a entrada do lateral-esquerdo Wendell. O jogador convocado por Dorival Jr para a Seleção Brasileira, chutou. A bola roçou na zaga e enganou o goleiro Trubin. Era o 3 a 0. Enfim, o Benfica estava nocauteado e era muito mais provável que levase o quarto gol do que faz o primeiro, afinal não deu um arremate na etapa final. E foi isso que ocorreu. Aos 30, quando o rival já estava com dez (Otamendi expulso) , o ex-Grêmio Pepê recebeu pela direita, avançou em velocidade na área e chutou cruzado para fazer o quarto gol. E nos acrécimos teve mais um: Danny Namaso concluiu um cruzamento de Sánchez da direita.

O curioso foi que n0 fim do jogo, o técnico do Porto, Sérgio Conceição, foi pistola em direção aos árbitros. Reclamou do pouco tempo de acréscimos. Queria mais gol!

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.