Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Polícia prende suspeito de matar torcedora do Palmeiras

Suspeito foi encontrado no Rio de Janeiro e identificado pela Polícia. Agora, ele será transferido para São Paulo

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10

A Polícia Civil de São Paulo prendeu, na manhã desta terça-feira (25), um torcedor suspeito de matar Gabriela Anelli, torcedora do Palmeiras. A jovem foi atingida por estilhaços de uma garrafa no pescoço, pouco antes da partida do Verdão com o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro.

O Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa identificou o suspeito como Jonatan Messias Santos da Silva. Ele foi encontrado no bairro de Campo Grande, no Rio de Janeiro. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, ele teria participado da briga entre torcedores do Palmeiras e do Flamengo em uma das ruas de acesso do Allianz Parque. O suspeito acabou encaminhado para uma unidade policial do Rio e, depois, seguirá para São Paulo.

Na semana passada, um torcedor do Flamengo, que saiu do Rio de Janeiro para assistir ao jogo em São Paulo, acabou preso horas depois do incidente. Contudo, ele acabou solto algumas horas depois.

A confusão teve início na Rua Caraíbas, próxima ao portão “A” do estádio. De acordo com testemunhas, torcedores palmeirenses identificaram a presença de dois flamenguistas no local. Segundo a SSP, os palmeirenses começaram a perseguir os torcedores rivais com intenção de agredi-los. Naquele momento, uma garrafa lançada atingiu Gabriela, que estava em uma fila, em seu pescoço.

Publicidade

Aliás, devido à ação da PM, o gás de pimenta acabou levado pelo vento para dentro do estádio. Dessa forma, atingiu alguns jogadores e causou efeitos adversos. A partida, sendo assim, parou em duas ocasiões.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.