Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Jornal espanhol diz que pai de Neymar pagará fiança de Daniel Alves

Para deixar o presídio de Barcelona, Daniel Alves terá que pagar fiança de 1 milhão de euros, o equivalente a R$ 5 milhões na cotação...

Jogada 10|

Divulgação/CBF
Divulgação/CBF Divulgação/CBF (Jogada 10)

Daniel Alves teve, nesta quarta-feira, o pedido de liberdade provisória aceito pela Justiça de Barcelona. Para deixar o presídio, o brasileiro terá de pagar fiança de 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões). O atleta não poderá deixar a Espanha. De acordo com o jornal “La Vanguardia”, o pai de Neymar será o responsável por desembolsar o valor. Amigos e familiares do jogador tentam juntar o dinheiro o mais rapidamente possível.

Não é a primeira vez que Neymar e seu pai ajudam Daniel Alves durante o caso de estupro cometido pelo lateral. Eles auxiliaram no pagamento de 150 mil euros, requeridos pela Justiça como indenização à vítima. Dessa forma, serviu como atenuante para diminuir a punição para quatro anos e meio.

Entenda o caso Daniel Alves

Há pouco mais de um mês, Alves foi condenado a quatro anos e meio de prisão pelo crime de agressão sexual. Ele foi acusado de estuprar uma mulher de 24 anos em um banheiro, em uma boate em Barcelona. O crime ocorreu em dezembro de 2022 – dias após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo em que Daniel foi um dos nomes importantes do grupo canarinho.

A defesa de Daniel, no entanto, entrou com pedido de liberdade provisória. Entre os argumentos, a advogada Inés Guardiola disse que Daniel está preso desde janeiro de 2023 e, portanto, já cumpriu um quarto da pena. Assim, tem direitos que podem ser cumpridos.

Continua após a publicidade

O Ministério Público da Espanha, todavia, alegou que o risco de fuga era grande. Aliás, o MP solicitou aumento da pena.

A decisão, portanto, foi a seguinte: Daniel terá de pagar fiança para deixar a cadeia. Além disso, terá de entregar todos os passaportes. Ele terá ainda de manter 1 quilômetro de distância da residência, local de trabalho ou qualquer local frequentado pela vítima.

Continua após a publicidade

Veja a decisão da justiça

Foi determinado ainda que Alves não faça qualquer contato com a vítima, por qualquer meio. Ele ainda terá de comparecer semanalmente ao tribunal e quantas vezes for solicitado.

“O tribunal delibera, por maioria e com voto individual: ‘Acordar a prisão provisória de Daniel Alves, que pode ser evitada mediante o pagamento de uma fiança de 1.000.000 euros e, se o pagamento for verificado, e acordada a sua libertação provisória, ou retirada de ambos os passaportes, espanhol e brasileiro, a proibição de sair do território nacional, e a obrigação de comparecer semanalmente a este Tribunal Provincial, bem como quantas vezes for convocada pela Autoridade Judiciária”, disse a sentença.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.