Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Em Londrina, Santos vacila e perde para o Botafogo-SP

Neste duelo pela 8ª rodada da Série B, Peixe deixa escapar a chance de voltar à liderança. Com a vitória por 2 a 1, Bota sai do Z4

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/Santos

O Santos esperava boa vitória na nesta segunda-feira (3/6), diante do Botafogo de Ribeirão Preto, pela oitava rodada da Série B do Brasileiro. Mas esbarrou nas defesas do goleiro João Carlos. E, também, na ineficácia dos arremates que foram para fora. Além disso, cochilou na defesa. Dessa forma, lamentou a derrota por 2 a 1. Douglas Baggio e João Carlos fizeram os gols do Bota. Joaquim diminuiu para o Santos. Este jogo foi no Estádio do Café, em Londrina. Afinal, a diretoria do Peixe vendeu o mando por R$ 600 mil (além das despesas pagas).

Com este resultado, o Santos permanece em terceiro lugar, com 15 pontos, na zona de acesso. Mas o Botafogo celebra a sua primeira vitória. Afinal, não apenas larga a lanterna como também sai da zona de rebaixamento.

Veja aqui a tabela de classificação da Série B do Brasileiro

Peixe para no goleiro

Publicidade

O Santos teve as primeiras boas oportunidades, quase sempre iniciando os ataques pela direita com JP Chemont no apoio e criando pelo menos três chances claras, na melhor finalização dupla. Um chute de Rincón para ótima defeda de João Carlos, que deu rebote e Willian chutou para nova defesa do goleiro.

Conforme o tempo foi passando, o Botafogo começou a assustar mais, quase sempre pela esquerda. Mas foi pela direita que o time de Ribeirão Preto abriu o placar. Aos 42, Douglas Baggio recebeu e, de fora da área, acertou um belo chute no ângulo de Brazão, fazer 1 a 0 para o Botafogo. O Santos até que tentou ir para o intervalo com o empate, pois ficou em cima e viu Patati acertar de fora da área uma bola na trave esquerda de João Carlos.

Publicidade

Santos não marca. E leva mais um

No segundo tempo, um erro de marcação do Santos resultou no segundo gol do Botafogo, aos cinco minutos. Os volantes não marcaram. Os zagueiros ficaram só cercando. Dessa forma, o volante João Carlos, livre na entrada da área, mandou a bomba sem chance para Brazão. 2 a 0. Outro golaço.

Publicidade

Pressão santista

Carille fez uma aposta ousada, colocando Hayner, que é lateral, no ataque, para tentar a reação. E o Santos, em sete minutos, perdeu chances. Chegou a ter uma bola na trave, em cabeçada de Joaquim. Rodrigo Ferreira (que entrara na vaga de JP Chemont)  mandou raspando e, depois, cabeceou uma rente à trave. Casares obrigou João Carlos à grande defesa para escanteio. Mas, na cobrança, Casares cobrou e Joaquim chutou duas vezes para diminuir o placar, aos 29.

Daí para a frente, pressão total. Hayner e Bigode lamentaram suas chances perdidas. Rodrigo Ferreira por pouco não pegou uma sobra do excelente goleiro João Carlos.  Toró quase fez contra (cabeceou contra a sua própria trave). Mas o Botafogo também assustou em contra-ataque com Jean Victor, mas seu chute encontrou Pituca, que salvou quando a bola estava entrando. Fim de jogo. Enfim, o Bota vence e respira fora do Z4. Mas o Santos deixa escapar a liderança.

SANTOS 1X2 BOTAFOGO-SP

Série B-2024 – 8ª rodada
Data: 3/6/2024
Local: Estádio do Café, Londrina (PR)
Público: 11.916
Renda: R$ 1.310.000,00
SANTOS: Gabriel Brazão; JP Chermont (Rodrigo Ferreira, 20’/2ºT), Gil, Joaquim e Escobar; Tomás Rincón (Casares, 20’/2ºT), Diego Pituca e Giuliano; Otero, William Bigode e Weslay Patati (Hayner, 20’/2ºT). Técnico: Fábio Carille.
BOTAFOGO-SP: João Carlos; Wallison, Lucas Dias, Fabio Sanches e Patrick Brey (Jean Victor, 27’/2ºT); João Costa, Matheus Barbosa (João Maranini, 41’/2ºT), Gustavo Bochecha (Fillipe Soutto, 32’/2ºT) e Emerson Negueba; Alex Sandro (Totó, 32’/2ºT) e Douglas Baggio (Carlos Manuel, 41’/2ºT). Técnico: Paulo Gomes.
Gols: Douglas Baggio, 43’/2ºT (0-1); João Carlos, 5’/2ºT (0-2). Joaquim, 29’/2ºT (1-2)
Árbitro: Gustavo Ervino Bauermann (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) Luciane Rodrigues dos Santos (SC)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: JP Chermont, Rincón, Casares (SAN); Patrick Brey, Toró (BOT)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.