Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Dorival Júnior sobre prisão de Robinho: ‘Tem que ser penalizado’

O treinador da Seleção Brasileira relembrou o convívio com o ex-jogador. Dorival também abordou o caso de Daniel Alves

Jogada 10|

Foto: Felipe David / Jogada10
Foto: Felipe David / Jogada10 Foto: Felipe David / Jogada10 (Jogada 10)

Em coletiva realizada após o treino no Estádio de Wembley nesta sexta-feira (22), o técnico Dorival Júnior comentou o caso de Robinho, preso no Brasil por cometer crime de estupro coletivo que aconteceu em 2013, na Itália. O treinador, que trabalhou com Robinho, condenou o ex-jogador, lamentando também o ato de Daniel Alves.

“Situação muito delicada. Robinho foi meu atleta, uma pessoa fantástica, um profissional desses, dentro da nossa convivência, acima da média. Não trabalhei com o Daniel, mas conheço a história. É um momento difícil para nos expressarmos. Entendo que primeiro eu penso nas famílias das pessoas envolvidas. Nas famílias principalmente das vítimas desses episódios. Episódios que acontecem diariamente no Brasil e em todo mundo, que são abafados pois as pessoas não têm vozes. Se houve realmente e comprovaram algum tipo de crime, ele tem que ser penalizado, por mais que doa no meu coração sobre uma pessoa que tive convívio excepcional. Mas olho mais para as famílias das vítimas e deles também”, disse Dorival.

“Não desejo isso a ninguém. Sinto por todos. Sinto por tudo que passarão a partir de então nas suas vidas. Posso ajudar em orações, nada além disso. É o sentimento que fica. Não só esses casos, mas milhares deles acontecem ao longo dos dias e a sociedade infelizmente se omite da grande maioria. Precisamos penalizar os casos que não são expostos e acontecem com muita frequência”, completou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.