Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Diniz vê placar justo e foca na Recopa: ‘Inédito para o Fluminense’

Tricolor foi derrotado pelo Flamengo por 2 a 0, neste domingo, no Maracanã, pela 10ª rodada da Taça Guanabara

Jogada 10|

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC (Jogada 10)

Atual bicampeão da Taça Guanabara, o Fluminense se distanciou da disputa pelo tricampeonato. O Tricolor foi derrotado pelo Flamengo por 2 a 0, neste domingo (25), no Maracanã, pela 10ª rodada, e viu o rival abrir três de vantagem na liderança. O técnico Fernando Diniz admitiu a superioridade do Rubro-Negro no clássico, mas ressaltou que o resultado não preocupa para o jogo de volta contra a LDU, do Equador, pela Recopa Sul-Americana.

Veja a classificação do Campeonato Carioca!

“No primeiro tempo fizemos uma partida equilibrada dentro das condições possíveis. O Flamengo mereceu. Preparamos esse time em um dia, falando com a fisiologia para saber aqueles que tinham condições de iniciar e ganhar a Taça Guanabara. No primeiro tempo ocorreu tudo dentro do esperado, mas tivemos três alterações, sendo que dois deles (Guga e Marlon) pediram para sair. O Flamengo fez o primeiro gol, tínhamos mais necessidade de avançar e eles souberam aproveitar”, disse Diniz.

Foco na Recopa

O Fluminense volta a campo na próxima quinta-feira (29), às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, contra a LDU, do Equador, pelo jogo de volta da Recopa Sul-Americana. Na ida, o time equatoriano venceu por 1 a 0 e, por isso, joga pelo empate. Em caso de vitória tricolor por um gol de vantagem, a decisão será nos pênaltis. O técnico Fernando Diniz ressaltou a importância de recuperar os atletas fisicamente e de realizar um trabalho no aspecto emocional.

Continua após a publicidade

“Vamos administrar a carga de treinamentos, mas obviamente que o time que deve iniciar será o que tem mais entrosamento. Ansiedade é normal em vésperas de jogos importantes. A Recopa é inédita para o Fluminense, mas vamos trabalhar esses aspectos emocionais para ter condições de fazer um bom jogo. Temos que esperar duas coisas (LDU se defender e atacar). Temos que treinar esperando que eles possam vir com bloco mais baixo ou ser mais agressivo na marcação”, concluiu.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.