Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

CBF decide suspender as duas próximas rodadas do Brasileirão

Após pedido de 15 dos 20 clubes da Série A, entidade decide parar o Campeonato Brasileiro. Data prevista para retorno é 1° de junho...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A CBF anunciou nesta quarta-feira (15), que decidiu adiar as próximas duas rodadas do Campeonato Brasileiro. Em seu ofício, a entidade explica que atende a pedido de 15 times dos 20 que disputam a Série A. Assim, as rodadas 7 e 8 dos torneios de pontos corridos, não vão acontecer na data que estava prevista.

As partidas aconteceriam nos próximos dois finais de semana. As datas coincidem até o dia 27 de maio, que era o prazo limite para que Grêmio, Internacional e Juventude ficariam sem atuar pela competição. Se não houver mudança, o Brasileirão volta no dia 1º de junho, na 9ª rodada. As partidas suspensas ainda serão realocadas como explicou a entidade.

Os clubes da Liga Forte União se uniram em prol da paralisação do futebol brasileiro na última segunda-feira (13). Eles divulgaram uma nota oficial conjunta com o pedido em razão da tragédia climática envolvendo as enchentes no Rio Grande do Sul.

Publicidade

Dos integrantes da Série A, 11 clubes colocaram assinatura na nota. A saber: Athletico-PR, Atlético-GO, Botafogo, Criciúma, Cruzeiro, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Internacional, Juventude e Vasco. Eles ganharam o reforço de Atlético-MG, Bahia, Grêmio e Vitória. Os cinco clubes que não defenderam a paralisação foram Bragantino, Corinthians, Flamengo, Palmeiras e São Paulo.

A CBF havia agendado uma reunião para definir os próximos passos do Campeonato Brasileiro, mas decidiu por paralisar a competição de imediato. Nesta terça-feira (14), o presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, disse que iria acatar a decisão da maioria dos clubes, mas fez ressalvas, dizendo que parar o Brasileirão, iria atrapalhar o calendário e a economia dos clubes.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.