Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Aline Milene projeta semifinal da Copa Ouro Feminina

Nome do Brasil espera confronto bem distinto do que ocorreu nas quartas de final

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Leandro Lopez/CBF
Foto: Leandro Lopez/CBF Foto: Leandro Lopez/CBF (Jogada 10)

Com quatro vitórias em quatro jogos, 12 gols marcados e apenas um sofrido, a Seleção Brasileira chega empolgada para a semifinal da Copa Ouro Feminina. Nas primeiras horas da próxima quinta-feira (7), o Brasil encara o México, no Snapdragon Stadium. Mais precisamente, à 0h15 (de Brasília).

Rememorando a campanha até então, a meio-campista Aline Milene comentou sobre a goleada em cima da Argentina, por 5 a 1, nas quartas de final da competição:

“Acho que a goleada é sempre um momento muito bom para aumentar o saldo de gols. Mas sabemos, também, que foi na última partida que conseguimos imprimir o nosso modelo de jogo, nossas ações e, consequentemente, fizemos mais gols.”

Jogos distintos

Apesar da felicidade com a qualificação imponente, Aline frisou que a expectativa para o duelo com as mexicanas é de uma partida bem distinta do que ocorreu nas quartas. Seja pelo aspecto técnico como também pensando no ritmo de jogo da Tri em função do calendário da Liga MX Femenil:

Publicidade

“Entendemos que, contra o México, é um novo jogo, um novo adversário, que tem um tempo maior de preparação pelas jogadoras atuarem na Liga Mexicana e já estarem jogando nesta temporada. Então, acho que já sabemos onde podemos ser fatais e incisivas. Elas venceram os Estados Unidos em uma jogada de contra-ataque. Então, temos que ter muita ciência para não darmos essa profundidade para elas, que eu acho que é isso que elas querem bastante.”

Rodagem

Aline foi titular no primeiro jogo da Copa Ouro Feminina e entrou em todas as partidas. Desse modo, ela ressaltou a importância do elenco receber oportunidades com o técnico Arthur Elias e como isso pode ser benéfico para o grupo.

Publicidade

“O professor Arthur tem realmente utilizado todas as peças e acho que isso é fundamental para a equipe, ter dado minutagem para cada atleta. Todo mundo durante essa competição conseguiu sair jogando de titular e entrou no decorrer das partidas e isso foi muito importante. Para mim, tem sido muito especial porque eu tenho jogado em diferentes posições e isso me prepara bem. Eu sou uma jogadora versátil e é muito importante essas oportunidades também”, comentou Aline.

Paris 2024

Já olhando para a Olimpíada de Paris, entre julho e agosto desse ano, Aline Milene concluiu que até mesmo o formato de disputa da Copa Ouro vai ajudar na preparação da Amarelinha em busca de medalha na França.

Publicidade

– Em relação a competição, é um modelo muito próximo das Olimpíadas, com a fase de grupos e as eliminatórias com um curto espaço de tempo entre um jogo e outro. Acredito que a Copa Ouro tem contribuído muito nessa preparação para os Jogos Olímpicos, nos ajudando no entendimento de como chegar bem e de como chegar na final. Então, acho que isso está nos ajudando bastante, tanto técnico, tático e mentalmente, para seguirmos para as Olimpíadas em julho”, finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.