Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Humilhação imposta pelo PSG a Neymar anuncia derrocada de um craque individualista 

Atleta diz estar disposto a sair para 'calar a boca' do PSG e conquistar a Bola de Ouro, mas retrospectiva não ajuda

Esportes|Marco Antonio Araujo, do R7

Excesso de autoestima de Neymar muitas vezes foi vista com antipatia por colegas e torcedores
Excesso de autoestima de Neymar muitas vezes foi vista com antipatia por colegas e torcedores Excesso de autoestima de Neymar muitas vezes foi vista com antipatia por colegas e torcedores

É difícil sentir pena de Neymar. Até porque, verdade seja dita, o rapaz nunca se esforçou em despertar empatia ou solidariedade, mesmo em seus momentos mais difíceis. Cercado de belas mulheres, patrocinando festas nababescas, escoltado pelos “parças” e ostentando as riquezas que sua fortuna permite, não haveria como o jogador ser visto como vítima.

Mas parece que, desta vez, Neymar chegou a um raro ponto de humilhação pública. Dificilmente teremos uma oportunidade como essa para sentir piedade e compaixão pela maior promessa esportiva deste país. Que vergonha.

Uma vez confirmado que o Paris Saint-Germain de fato dispensou o protegido de Tite, estaremos presenciando a mais notável decadência de um astro no momento que deveria ser seu auge profissional. Aos 30 anos, ser tido pelos colegas e patrões como um caso perdido, um estorvo, um peso morto e indisciplinado, convenhamos, é de sujar qualquer prontuário.

Pelo altíssimo custo que Neymar representa ao PSG, a decisão pelo desligamento do atacante foi tomada após muita matemática e ponderação. Não se chega a isso sem uma profunda e calculada reflexão. O rapaz, definitivamente, não fez muitos amigos nem conquistou novos fãs em Paris. 

Publicidade

Pelo que sabemos do temperamento e caráter de Neymar, o ex-prodígio jamais vai admitir que precisa mudar sua maneira de lidar com a bola e com a vida. O que não lhe falta é autoestima – ou arrogância, se preferirem. Tanto que ele já anunciou que estaria disposto a sair para "calar a boca" do PSG e conquistar uma Bola de Ouro fora da França. Aham.

Pela retrospectiva do craque flopado, o mais provável é que estejamos diante do ocaso de Neymar Jr. Não é desejar mal ao moço, mas constatar a colheita do que ele plantou desde que foi alçado ao mais reluzente estrelato. Que desperdício. 

Início do declínio? Neymar, Messi e CR7 têm pior temporada em 10 anos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.