Futebol Quem é o Independiente Del Valle, adversário do São Paulo na Sul-Americana

Quem é o Independiente Del Valle, adversário do São Paulo na Sul-Americana

Time equatoriano busca segundo título da Sul-Americana na história e tem característica de toque de bola

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Del Valle é o adversário do São Paulo

Del Valle é o adversário do São Paulo

Divulgação/Instagram @independientedelvalle

No próximo sábado (1º), em Córdoba, na Argentina, o São Paulo enfrentará o Independiente Del Valle pela final da Copa Sul-Americana. O Tricolor irá em busca do seu segundo título da competição (conquistou em 2012) assim como o seu adversário (campeão em 2019). Mas como joga a equipe equatoriana?

Atualmente, o Del Valle chega para a finalíssima disputando, além da Sul-Americana, duas competições: a LigaPro e a Copa do Equador, todas com oportunidades de título para o time equatoriano. Com isso, é possível que o cansaço atinja os jogadores do clube.

No último dia 24 de setembro, contra o Macará, pela LigaPro, o time comandado pelo argentino Martín Anselmi venceu por 1 a 0, com um gol nos últimos minutos. Apesar da vitória, a equipe pode ter perdido um de seus principais jogadores nessa partida, visto que o atacante Lautaro Diaz sofreu uma lesão na perna esquerda e poderá ser desfalque na final da Copa Sul-Americana.

Aliás, Diaz é um dos nomes de confiança do treinador Anselmi. Na Sul-Americana, o atacante marcou gols e deu assistências no jogo contra o Melgar, na semifinal. O jogador surgiu como uma grande opção nesta temporada, já que Jonathan Bauman, esperança de gols, não vem conseguindo repetir o feito de outros anos, segundo o jornalista da Rádio Ecos de Rumiñahui, José Vélez Zambrano.

Como joga o Del Valle

Segundo Zambrano, o Del Valle aposta sempre em uma linha de três defensores no momento de atacar e libera seus pontas para criarem jogadas ofensivas. Já para se defender, a equipe forma uma linha de cinco defensores. Além disso, os equatorianos dispensam chutes longos e optam pelo toque de bola mais curto.

Os atletas comandados por Anselmi também buscam sempre trazer o adversário para o seu campo, e muitas vezes conseguem fazê-lo com excelência, criando chances de gols.

Já de acordo com o jornalista Xavier Farah, da Radio CRE Satelital, de Guayaquil, o meio-campo e a defesa podem ser vistos como uma das principais fortalezas da equipe.

Além disso, o jogo da equipe é bastante coletivo e busca com que todos os jogadores participem, mas o time também conta com os destaques individuais de Díaz e Sornoza. O Del Valle é uma equipe veloz, que busca sempre manter a bola.

O que o São Paulo pode aproveitar?

José Vélez Zambrano explica que as jogadas de bola aérea vêm sendo um grande desafio para a equipe equatoriana. A equipe vem sofrendo muitos gols dessa maneira e tenta ajustar tais pontos para a grande decisão.

Além disso, o time comandado por Anselmi peca bastante em finalizações e sofre no contra-ataque adversário.

Os ‘nomes’ do Del Valle

Lautaro Díaz com certeza seria um dos principais nomes dessa equipe para a final, mas deve ser dúvida por conta da lesão na coxa. Com isso, nomes como Junior Sornoza, Miguel Angulo e Jhoanner Chávez surgem como opções para o treinador Anselmi e podem levar um pouco de dificuldade para a defesa do Tricolor.

Crias da base fazem a diferença

Segundo Zambrano e Farah, o Del Valle é bastante conhecido por dar destaque aos jogadores que vieram da base. De acordo com os jornalistas, os principais nomes dessa equipe vieram das categorias inferiores, o que deixa o elenco bastante jovem. Praticamente todos os atletas são formados na base do clube equatoriano.

São Paulo e Independiente Del Valle se enfrentam no dia 1 de outubro, às 17h (de Brasília), no estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, na Argentina.

Em estreia de uniforme, Brasil atropela Gana com dois gols de Richarlison

Últimas