Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Luxemburgo explica ausência de jogadores e rebate críticas: "Acham que eu sou louco?"

Corinthians sofreu com os desfalques e foi derrotado pelo Fortaleza, na Arena Castelão

Futebol|Do Live Futebol BR

Vanderlei Luxemburgo falou sobre as baixas do Corinthians
Vanderlei Luxemburgo falou sobre as baixas do Corinthians Vanderlei Luxemburgo falou sobre as baixas do Corinthians

Após a derrota por 2 a,1 para o Fortaleza, o técnico Vanderlei Luxemburgo disse que não enxerga a situação do Corinthians como algo extremo. O Alvinegro não vence há quatro partidas e a situação está começando a preocupar.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

"Eu vejo futebol de uma maneira um pouco diferente. Eu estou do mesmo jeito que eu estaria para cima. Estamos pensando na Sul-Americana, a dois jogos de chegar em uma final. Fortaleza é uma grande equipe, esquema de jogo definido, mas vou colocar na conta que jogamos sem seis jogadores que fazem diferença. Eu respeito as perguntas, mas sou contestador. Se estivesse a cinco pontos de ser campeão e faltassem 16 rodadas, a gente teria chance de ganhar o campeonato, né?", disse o treinador.

Publicidade

Leia também

Luxa também criticou a pergunta recebida sobre o time estar se aproximando da zona de rebaixamento e contestou que se o Corinthians estivesse na briga pelo título, a pergunta seria diferente.

"Você está dizendo que estamos na zona... Eu vi a classificação agora, ninguém consegue passar nessa rodada, o Santos está com 21 pontos. Estamos com cinco pontos de diferença. Se estivesse a cinco pontos de disputar o título, aí a pergunta seria diferente, mas agora está colocando como se fosse uma situação completamente extrema. Vocês querem colocar a gente ali. Olhando a tabela, vai ver que o Santos tem 21 pontos, não ganhou e ficou cinco pontos de diferença, que são dois jogos", seguiu o treinador.

Publicidade

O Corinthians enfrentará esse mesmo Fortaleza em duas semanas, quando as equipes se enfrentam pelo jogo de ida da semifinal da Sul-Americana. O duelo acontece na casa do Alvinegro.

Luxemburgo também foi enfático ao responder sobre poupar atletas. O treinador não colocou força máxima diante do Fortaleza e gerou dúvidas.

Publicidade

"Planejamos a data Fifa e outras situações, mas algumas coisas aconteceram de ontem pra hoje, outras vieram naturalmente. Fagner vem de lesão, demos mais tempo para ele recuperar e entrar em forma. Renato vem há algum tempo sem a condição física ideal, precisamos do Renato mais inteiro para os jogos mais importantes e decisivos. Fábio (Santos) teve lordose no jogo passado, íamos pegar voo, ele tem 38 anos. Matías (Rojas) tentamos trazer antes (da Venezuela), mas por causa da logística não tinha como. Maycon tomou cartão, e Fausto tem uma lesão. As explicações estão sendo dadas", iniciou.

"Veríssimo não jogou por que eu sou doido? Não jogou porque tinha problema na panturrilha, que já estava recuperado, e surgiu problema no joelho que ele já tinha lá de Portugal. Ele fez pré-temporada muito boa para jogar. Todo mundo vinha cobrando, eu vinha falando que ele vinha de lesão, se recuperou, precisava de um treinamento melhor. Ele jogou jogos maravilhoso, mas sentiu desconforto, a panturrilha inchou e ele ficou com sobrecarga no joelho. Gil é pau para qualquer obra. Por que vou colocar os dois juntos e aí de repente perco os jogadores para uma sequência decisiva? Então entra um e o outro fica no banco. Se eu não coloquei, é porque teve alguma coisa para não jogar", completou.

O Corinthians volta a campo na próxima segunda-feira (18), quando recebe o Grêmio pelo Brasileirão.

De casa nova! Messi compra mansão de R$ 53 milhões em Miami; veja fotos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.