Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Daniel Alves discorda de decisão, mas anuncia que não recorrerá para agilizar julgamento

Jogador ficou 15 minutos perante a titular do tribunal número 15 de Barcelona

Fora de Jogo|

Jogador disse à juíza que não concorda com indiciamento
Jogador disse à juíza que não concorda com indiciamento Jogador disse à juíza que não concorda com indiciamento

O jogador de futebol Daniel Alves afirmou nesta quarta-feira (2) perante a juíza responsável por seu caso que não concorda com seu indiciamento pela suposta agressão sexual contra uma jovem em uma discoteca em Barcelona, ​​​​mas não pretende recorrer porque quer "agilizar" o processo e chegar ao julgamento o mais rapidamente possível.

O lateral brasileiro compareceu hoje por cerca de 15 minutos ao tribunal número 15 de Barcelona; a juíza titular informou a ele seu indiciamento pelo crime de agressão sexual com acesso carnal e lhe deu a oportunidade de falar pela última vez, antes de enviar o caso a julgamento.

Segundo fontes jurídicas, Daniel Alves, que foi transferido para os tribunais da prisão de Brians 2, onde está detido desde janeiro, fez uma breve declaração para anunciar que não concorda com as acusações, mas que não pretende recorrer porque está interessado em ir a julgamento o mais rápido possível.

Daniel Alves completa seis meses na prisão em meio a contradições, divórcio e perdão à vítima

" gallery_id="64b811b9cd77c0919100015f" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/fora-de-jogo/daniel-alves-discorda-de-decisao-mas-anuncia-que-nao-recorrera-de-indiciamento-para-agilizar-julgamento-02082023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.