Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Verstappen leva GP da Áustria e se torna o 5º piloto que mais venceu na Fórmula 1

Holandês dominou a corrida com extrema facilidade para confirmar o 42º triunfo na carreira, ultrapassando Ayrton Senna

Automobilismo|Do R7

Max Verstappen venceu GP da Áustria
Max Verstappen venceu GP da Áustria Max Verstappen venceu GP da Áustria

Max Verstappen conquistou neste domingo (2) a sua 7ª vitória na temporada da Fórmula 1. O holandês chegou a perder a liderança para Leclerc por algumas voltas, mas dominou o GP da Áustria com extrema facilidade para confirmar o seu 42º triunfo na carreira, ultrapassando o tricampeão Ayrton Senna (41).

Ele é agora o quinto piloto que mais venceu no esporte, atrás apenas de Lewis Hamilton (103), Michael Schumacher (91), Sebastian Vettel (53) e Alain Prost (51).

Esta foi a quarta vitória de Verstappen no GP da Áustria. Ele venceu também em 2018, 2019 e 2021. Campeão na temporada passada, Charles Leclerc, da Ferrari, terminou em segundo, com Sérgio Pérez, da Red Bull, no terceiro lugar.

"Foi um dia muito bom, gostei muito. Tive uma preocupação no safety car virtual, mas conseguimos vencer aqui. Sabia que tudo ia acontecer da forma ideal. Foi um grande final de semana", disse Verstappen.

Publicidade

Destaque para Lando Norris, que conseguiu levar a McLaren para o quinto lugar, uma posição abaixo de Carlos Sainz. Fernando Alonso, da Aston Martin, teve uma atuação discreta e ficou em sexto, seguido por Lewis Hamilton e George Russell, da Mercedes.

Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

Atração da corrida sprint, Nico Hulkenberg foi o único piloto que não completou a prova. Com problema na sua Haas, abandonou o GP, que teve um show de punições por ultrapassagem do limite de pista, na 14ª volta.

Publicidade

Com o resultado, Verstappen lidera o campeonato com 229 pontos, contra 148 do companheiro Sergio Pérez. O próximo GP será disputado na Grã-Bretanha, dia 9 de julho.

A corrida

Embalado com a ascensão da Ferrari, Leclerc protagonizou uma boa disputa com Verstappen na primeira volta, mas viu o holandês fechar as portas e segurar a liderança. A briga durou pouco tempo, já que o safety car foi acionado por causa de um incidente envolvendo Yuki Tsunoda.

A eficiência no ataque sobre Verstappen, fez Leclerc baixar o ritmo, o que gerou reclamação por parte de Sainz, que pediu insistentemente o aval da Ferrari para ultrapassar seu companheiro de equipe.

Mas a escuderia não interferiu e errou ao chamar os carros da Ferrari para o box apenas na segunda volta de um safety car virtual, acionado pela desistência de Nico Hulkenberg. Sainz chegou a cair para o sexto lugar e precisou pisar no acelerador para voltar às primeiras posições.

Apenas a Red Bull continuou na pista e não parou. A tática levou Sérgio Pérez ao terceiro lugar, mas o mexicano, que vinha fazendo uma corrida de recuperação, voltou a cair no grid após sua primeira parada para troca de pneus, assim como aconteceu com Verstappen, que perdeu duas posições, para Leclerc e Sainz.

O holandês, no entanto, está em um degrau superior em relação aos seus adversários e ultrapassou Sainz com extrema facilidade. A retomada da liderança era questão de tempo e aconteceu na 35ª volta. A partir daí, Verstappen passou a ter uma corrida solitária, assim como vem ocorrendo na maioria dos GPs da temporada.

A briga ficou para as outras duas posições no pódio. Charles Leclerc manteve o ritmo e confirmou o segundo lugar tranquilamente. Sérgio Perez, que deu um ponto final em sua maré de azar, ultrapassou Sainz no fim e terminou em terceiro.

Antes do fim, Verstappen foi para o box e colocou pneu macio. Na última volta, cravou a volta mais rápida — 1m07s012 —, e garantiu mais um ponto na classificação de pilotos.

Classificação final do GP da Áustria de Fórmula 1:

1º - Max Verstappen (HOL/Red Bull)

2º - Charles Leclerc (MON/Ferrari), a 5s155

3º - Sergio Pérez (MEX/Red Bull), a 17s188

4º - Carlos Sainz (ESP/Ferrari), a 21s377

5º - Lando Norris (ING/McLaren), a 26s327

6º - Fernando Alonso (ESP/Aston Martin), a 30s317

7º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 39s196

8º - George Russell (ING/Mercedes), a 48s403

9º - Pierre Gasly (FRA/Alpine), a 57s667

10º - Lance Stroll (CAN/Aston Martin), a 59s043

11º - Alexander Albon (TAI/Mercedes), a 1m09s767

12º - Esteban Ocon (FRA/Alpine), a 1 volta

13º - LoganSargean(EUA/Williams), a 1 volta

14º - Zhou Guanyu (CHI/Alfa Romeo), a 1 volta

15º - Nyck de Vries (HOL/AlphaTauri), a 1 volta

16º - Valtteri Bottas (FIN/Alfa Romeo), a 1 volta

17º - Oscar Piastri (AUS/McLaren), a 1 volta

18º - Yuki Tsunoda (JAP/AlphaTauri), a 1 volta

19º - Kevin Magnussen (DIN/Haas), a 1 volta

Não completaram a prova:

- Nico Hulkenberg (ALE/Haas), 14 voltas.

Réplica de carro de Max Verstappen campeão é vendida por R$ 50 mil

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.