Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Amigo de Schumacher diz que acidente 'mudou' Ralf, irmão do heptacampeão da Fórmula 1

Ex-piloto Johnny Herbert afirma que o caçula está amadurecido e 'muito diferente' do que era na época em que pilotava na categoria

Automobilismo|Do R7

Os irmãos dividiram o grid da F1 de 1997 a 2006
Os irmãos dividiram o grid da F1 de 1997 a 2006 Os irmãos dividiram o grid da F1 de 1997 a 2006

Ralf Schumacher, irmão de Michael, está "muito diferente" e mais amadurecido depois do heptacampeão sofrer o grave acidente de esqui em dezembro de 2013, segundo o ex-piloto de Fórmula 1 Johnny Herbert.

"Ralf teve que fazer muitas coisas para e com a família, devido ao que aconteceu com Michael. Ele amadureceu, é muito diferente agora da pessoa que era como piloto. Ele é um bom ser humano agora e mudou muito após ter que lidar com a situação com o irmão", disse para o "Grosvenor Sport".

A declaração feita por Herbert surpreende, já que ele e Ralf eram rivais, e o ex-companheiro de equipe de Michael nunca escondeu o desgosto que tinha pelo irmão caçula do alemão. Quando Ralf vivia a temporada de estreia na F1, em 1997, ele empurrou o piloto inglês para fora da pista do circuito de Monza, na Itália, o que o deixou com uma reputação ruim.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Na época, Herbet disse que Ralf era o piloto que ele "mais odiava". "O único piloto de quem eu mais desgostei, porque achei horrível sua arrogância na pista, foi Schumacher, o Ralf! Ele era desagradável. Me tirou do circuito uma vez a 340 km/h em Monza e sua equipe teve que pressioná-lo para voltar e pedir desculpas. A partir desse ponto eu pensei, 'seu idiota egoísta horrível'", disse.

Publicidade

Diferente da relação que tinha com Ralf, Johnny era próximo de Michael. Os dois eram companheiros de equipe na Bennetton, escuderia que proporcionou ao alemão vencer os dois primeiros títulos da carreira. Sobre o amigo, o ex-piloto inglês afirmou que tem poucas informações sobre o estado de saúde.

"Nunca há notícias. O que nós, sim, sabemos é que nunca ouvimos notícias positivas. Esse é o pensamento horrível de que não é capaz de estar perto do Michael que todos nós lembramos. E isso é muito triste", finalizou.

Publicidade

Leia também

Estado de saúde de Michael Schumacher

Michael Schumacher está acamado desde 2013, quando sofreu um acidentes nos Alpes da França. Ele bateu com a cabeça em uma pedra e entrou em coma. Depois de nove meses hospitalizado, o ex-piloto foi liberado para seguir com o tratamento na própria casa, na Suíça.

O jornalista suíço Roger Benoit, que cobre automobilismo, e mantinha amizade com Schumacher, declarou que o piloto alemão "é um caso sem esperança". É calculado que, por ano, a família gaste R$ 20 milhões para manter as despesas médicas do heptacampeão.

Troféus, boné de Senna e capacetes: itens de Schumacher são leiloados por R$ 13 milhões

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.