Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Privilégios a Neymar. Amistosos inúteis. Ganância da CBF. Motivos que fazem Abel Ferreira não querer a seleção brasileira

O treinador do Palmeiras deixou claro ontem que não quer treinar a seleção, após a saída de Tite. O português não aceitaria ir contra seus princípios. Como privilegiar Neymar e aceitar amistosos inúteis

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Abel Ferreira não suportaria aquilo a que Tite se submete. Como privilégios a Neymar e amistosos inúteis.
Abel Ferreira não suportaria aquilo a que Tite se submete. Como privilégios a Neymar e amistosos inúteis. Abel Ferreira não suportaria aquilo a que Tite se submete. Como privilégios a Neymar e amistosos inúteis.

São Paulo, Brasil

As duas mais recentes Libertadores.

Copa do Brasil, Recopa Sul-Americana.

Atual Campeonato Paulista.

Publicidade

Comendador da Ordem do Infante Dom Henrique.

Cidadão honorário de Penafiel.

Publicidade

Talento que marca o mundo, prêmio dado pela Liga Portuguesa.

Melhor técnico português em atuação no exterior, escolha dos jornalistas esportivos portugueses.

Publicidade

Melhor treinador da América do Sul, escolha do jornal El País, do Uruguai.

Títulos e prêmios em apenas 20 meses de trabalho no Palmeiras.

Líder do Brasileiro, melhor campanha na primeira fase da Libertadores, equipe classificada para as oitavas de final da Libertadores. Time favorito nas três competições.

Nenhum treinador neste país está no seu patamar.

Há dois medos reais, concretos, por parte da presidente Leila Pereira, em relação a Abel Ferreira. O primeiro é o assédio de gigantes europeus, diante do absoluto sucesso do português no Brasil. Contra ele há um antídoto amargo: a multa de 18,5 milhões de euros, cerca de R$ 97,9 milhões. 

Abel Ferreira exigiu salário compatível com a Europa, na antecipação da renovação de seu contrato. Tanto que ele embolsa R$ 34,9 milhões por temporada.

Tite não esconde de ninguém a maneira privilegiada com que trata Neymar. Ele se sente dependente do jogador
Tite não esconde de ninguém a maneira privilegiada com que trata Neymar. Ele se sente dependente do jogador Tite não esconde de ninguém a maneira privilegiada com que trata Neymar. Ele se sente dependente do jogador

Só que o Palmeiras não tem o que fazer em relação a um convite para a seleção brasileira. Tite não vai continuar, seja qual for o resultado do seu time e o de Neymar no Catar.

Embora Cuca seja o favorito para assumir o cargo se a escolha recair necessariamente em um treinador brasileiro, Abel Ferreira é um candidato natural.

A direção ficaria sem saída. Porque a seleção brasileira jamais pagou multa rescisória de técnico. Os clubes costumam liberar gratuitamente por entenderem a relevância do cargo. A única equipe que tentou cobrar foi o Corinthians, em 2016, quando perdeu Tite. Mas desistiu.

Porém, por sorte de Leila Pereira, Abel Ferreira, aos 43 anos, pretende cumprir seu contrato até 2024, depois ir para um grande clube europeu. E, com mais de 50 anos, pensar em seleções. Ele adora trabalhar no dia a dia. O que não acontece nos selecionados.

Tite também aceitou amistosos absolutamente inúteis e que só tinham como meta o lucro da CBF
Tite também aceitou amistosos absolutamente inúteis e que só tinham como meta o lucro da CBF Tite também aceitou amistosos absolutamente inúteis e que só tinham como meta o lucro da CBF

Além disso, ele deixou escapar ontem, após a vitória contra o Atlético Goianiense, outro grande motivo que não lhe permitiria pensar em assumir o lugar de Tite, após o Mundial.

"Conheço muito bem o Bernardinho, já vi várias palestras dele, sei muito bem o que fizeram com ele quando fez uma reforma na seleção, quando tirou jogadores consagrados e colocou jogadores com vontade de fazer uma carreira.

"Gestão de elenco é um segredo de treinadores, construir um espírito de grupo, onde ninguém está acima dos interesses da equipe, nem o técnico.

"Ninguém."

Abel Ferreira não tem nada de ingênuo. Pelo contrário. Basta ter dois neurônios em perfeito funcionamento para entender a quem ele estava se referindo.

A Neymar.

Após a Copa do Mundo do Catar, o novo treinador terá de fazer uma profunda reformulação no time. Acabará o ciclo de atletas importantes.

Thiago Silva, 37 anos, Daniel Alves, 39 anos, Fabinho, 28 anos, Alex Sandro, 31 anos, Fred, 29 anos, Philippe Coutinho, 30 anos. Danilo, 30 anos. Weverton, 34 anos.

O grande problema, no entanto, se chama Neymar, 30 anos.

Abel sabe que além de reformular o grupo para a Copa de 2026, ele teria de enfrentar o jogador que é antítese do que o treinador tem no Palmeiras.

Neymar é o dono de todos os pênaltis e faltas que quiser. Desde que Tite assumiu a seleção, em 2016
Neymar é o dono de todos os pênaltis e faltas que quiser. Desde que Tite assumiu a seleção, em 2016 Neymar é o dono de todos os pênaltis e faltas que quiser. Desde que Tite assumiu a seleção, em 2016

Um atleta absolutamente individualista, egocêntrico, arrogante. E que exige privilégios dentro e fora de campo. Contando com o apoio total da CBF. Por interesse, já que a cota dos amistosos com Neymar é o dobro do que sem o principal atleta brasileiro.

Ou seja, o que Dunga, Felipão e Tite suportaram e suportam de Neymar é por ordem da presidência da CBF.

As farras que ele promove nas folgas da seleção, seja em que competição for, a exigência de cobrar todos os pênaltis e faltas perto da área, as simulações, as provocações aos adversários, os chiliques com os árbitros, é exatamente o que Abel Ferreira não quer de seus atletas nos times que comanda.

Seria uma convivência absolutamente incompatível.

Jamais Abel Ferreira fez questão de abraçar o mesmo jogador do Palmeiras, seja a conquista que for
Jamais Abel Ferreira fez questão de abraçar o mesmo jogador do Palmeiras, seja a conquista que for Jamais Abel Ferreira fez questão de abraçar o mesmo jogador do Palmeiras, seja a conquista que for

Assim também como aceitar jogos inúteis só porque a CBF vendeu os amistosos da seleção a uma empresa que só se importa com o lucro dos jogos.

Seja contra El Salvador, Arábia Saudita, Honduras, Panamá...

Além da obrigatoriedade de usar a Granja Comary, em Teresópolis, com campos cercados de montanhas, de fácil acesso. Tornando impossíveis treinamentos secretos, como qualquer seleção do mundo faz costumeiramente. E Abel adora no Palmeiras.

O treinador português, quando citou Bernardinho, relembrou quanto foi difícil para o ex-técnico da seleção brasileira feminina assumir a masculina e reformar a equipe.

A maneira como a CBF e Tite se dobram a Neymar não interessa a Abel Ferreira.

Se Neymar realmente desistir da seleção após o Mundial do Catar, como disse avaliar, a situação muda de figura.

Por enquanto, ele quer continuar fiel aos seus princípios.

Ter o comando do seu grupo.

Sem privilégios.

Ou fazer de conta que não enxerga atitudes incompatíveis com jogadores de altíssimo nível, como noitadas, farras. Muitas vezes em folgas em plenas competições.

Tite disse: não queria amistosos contra asiáticos neste ano, antes da Copa. CBF marcou Coreia e Japão...
Tite disse: não queria amistosos contra asiáticos neste ano, antes da Copa. CBF marcou Coreia e Japão... Tite disse: não queria amistosos contra asiáticos neste ano, antes da Copa. CBF marcou Coreia e Japão...

Quando ele assume que já é "treinador da seleção do Palmeiras", Abel resume de maneira irônica o que pensa sobre o cargo de técnico.

Ele o enxerga como um comandante de atletas sérios, envolvidos de corpo e alma em um projeto. Sem futilidades, infantilidades, egoísmo, personalismo. E trabalhando com parte diretiva séria, que pense em conquistas e não em ganhar cachês com amistosos inúteis.

Por isso, CBF e Neymar são tudo o que Abel não quer...

Copa do Mundo de 2022 será disputada em 8 estádios no Catar

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.