Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Frustrado pela perda da Supercopa do Brasil para o São Paulo. Palmeiras contrata duas promessas. Rômulo e Lázaro

A direção do Palmeiras, outra vez, frustra torcida e até conselheiros. Após a perda da Supercopa do Brasil, contrata duas promessas. Rômulo, do Novorizontino, 22 anos. E Lázaro, do Almeria, 21 anos. Falta ousadia a Leila

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Rômulo. 22 anos. Palmeiras investe em substituto de Raphael Veiga. Meia inteligente e talentoso. Aposta
Rômulo. 22 anos. Palmeiras investe em substituto de Raphael Veiga. Meia inteligente e talentoso. Aposta Rômulo. 22 anos. Palmeiras investe em substituto de Raphael Veiga. Meia inteligente e talentoso. Aposta (Novorizontino)

São Paulo, Brasil

A contratação de duas jovens promessas.

A resposta imediata do Palmeiras para a decepcionante perda da Supercopa do Brasil, ontem, diante do rival São Paulo.

Um já não é segredo para ninguém: Lázaro, atacante do Almeria, último colocado no Campeonato Espanhol. Jogador que não marcou um gol sequer nesta temporada 2023/2024. 

Publicidade

Ele começou na base do Flamengo. Teve ótima participação na conquista do Mundial Sub-17, conquistado pelo Brasil, em 2019. Mas decepcionou entre os profissionais.

Abel Ferreira vê o garoto de 21 anos com potencial para ser o substituto de Endrick. Não pelo talento, mas pela movimentação, pela velocidade. Pelo potencial de artilheiro. Para a cúpula palmeirense, ele só mostrou o lado artilheiro na Espanha pela fragilidade do Almeria.

Publicidade

A negociação está fechada.

O empréstimo até o final do ano.

Publicidade

Seu preço é de 13 milhões de euros, cerca de R$ 69 milhões.

A contratação frustrou, novamente, grande parte do conselho deliberativo. Inúmeras reclamações nas redes sociais, por parte dos torcedores, voltaram com toda força.

Diante da política imposta por Leila Pereira, de buscar promessas que possam ser valorizadas e vendidas no futuro. E não contratar jogadores prontos, consagrados, para Abel Ferreira.

O outro jogador é Rômulo, do Novorizontino. 

Meia, de 22 anos, tem mostrado consciência, versatilidade, habilidade, inteligência em campo. Foi o grande jogador de ontem, na vitória do Novorizontino contra o Corinthians, em plena Itaquera, por 3 a 1.

Nas categorias de base atuou pela Matonense até chegar a Novo Horizonte.

O Palmeiras negocia a compra do atleta, que tem contrato até junho de 2025.

Em Novo Horizonte a imprensa local garante que o preço é de R$ 6 milhões.

E que o Botafogo também estava interessado.

Ele chegará para ser o substituto ou até o parceiro de Raphael Veiga.

Está cada vez mais evidente que o Palmeiras precisa desesperadamente de outro meia talentoso. Quando Raphael Veiga é anulado, o time trava.

Em 2023, marcou 11 gols e deu nove assistências. Foi o grande jogador do Novorizontino na Série B, quando a equipe de Eduardo Baptista quase se classificou para a Série A.

Da mesma maneira, há o questionamento sobre o motivo de o clube não contratar um meia 'formado', vivido, que já passou por vários momentos importantes no futebol.

A responsável é, de novo, Leila Pereira, que não permite, sequer, que estes atletas importantes sejam procurados.

O Palmeiras chegará a cinco contratados em 2025.

Aníbal Moreno, Caio Paulista e Bruno Rodrigues foram os outros três reforços.

A falta de ousadia de Leila afeta diretamente o potencial palmeirense.

E Abel Ferreira não pode fazer nada.

As 14 finais que levou o Palmeiras a disputar faz com que a presidente não mude.

Nada de contratações importantes.

Só apostas que se encaixem.

Que cheguem dispostas a 'dar a alma' para jogar pelo Palmeiras.

Se a intenção era animar a torcida depois da perda do título de ontem, o resultado foi contrário.

Lázaro e Rômulo já chegarão questionados.

Lázaro a tempo de disputar o Paulista.

Rômulo, não...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.