Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'Eu só convocaria o Neymar na reta final para a Copa do Mundo de 2026. Não o chamaria nos próximos anos.' Casagrande, exclusivo

Acontecerá hoje a primeira convocação da seleção, depois de seis anos de Tite e seus fracassos nas Copas da Rússia e do Catar. Para o amistoso contra o Marrocos, a dúvida é Neymar. Para Casagrande, ele pode ficar fora

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

A última partida de Neymar na seleção. Na eliminação do Brasil diante da Croácia, na Copa do Catar
A última partida de Neymar na seleção. Na eliminação do Brasil diante da Croácia, na Copa do Catar A última partida de Neymar na seleção. Na eliminação do Brasil diante da Croácia, na Copa do Catar

São Paulo, Brasil

Hotel Windsor, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, 11 horas.

A primeira convocação da seleção, após o fracasso na Copa do Mundo do Catar.

Depois de seis anos sob o comando de Tite, Ramon Menezes, treinador da Sub-20, será o responsável pela convocação dos jogadores que enfrentarão o Marrocos, em Tânger, no dia 25.

Publicidade

Ramon ocupa o lugar que a direção da CBF espera ser do italiano Carlo Ancelotti, técnico do Real Madrid, a partir de junho.

Haverá uma renovação forçada, já que atletas como Thiago Silva, 38 anos, Danilo e Alex Sandro, ambos com 31 anos, Everton Ribeiro, 33 anos, e Daniel Alves, 39 anos e preso na Espanha, não disputarão a Copa de 2026.

Publicidade

Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues defende a convocação de mais jogadores que atuem no Brasil. Quer mais identificação da seleção com a população.

A grande incógnita é a convocação ou não de Neymar.

Publicidade

O jogador está contundido e tenta se recuperar para enfrentar o Bayern, em Munique, dia 8, valendo a sobrevivência do PSG na Champions League.

Ainda no Catar, Neymar acenou estar disposto a seguir como Messi. E ter um período de descanso da seleção brasileira. E há grande possibilidade de ele não ser chamado para esta partida na África.

Em entrevista exclusiva ao blog, Casagrande foi muito claro sobre o que pensa de Neymar.

Ele não o convocaria por dois ou três anos. Só o levaria na reta final para a Copa do Mundo de 2026. Isso se merecesse ser chamado. Para o comentarista, ele não é indispensável para a seleção.

O jogador principal do Brasil para 2026 é outro.

Casemiro.

Aqui, um trecho da corajosa entrevista de Casagrande ao blog.

Conheça o celular de ouro que Messi presenteou os companheiros de seleção argentina

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.