Cosme Rímoli Chelsea desprezou Endrick. Clube inglês não quis contratar o atacante. Foi um livramento. Ele está empolgado por ir ao Real Madrid

Chelsea desprezou Endrick. Clube inglês não quis contratar o atacante. Foi um livramento. Ele está empolgado por ir ao Real Madrid

Havia duas certezas no Palmeiras. A primeira, que Endrick torcia para jogar no Barcelona. A segunda, que uma transação com um clube inglês não havia dado certo. A revelação veio pelo pai do atacante. Era o Chelsea

  • Cosme Rímoli | Do R7

Endrick não foi parar no Chelsea por 'medo' de o então dono, Abramovich, 'inflacionar o mercado'. Errou feio

Endrick não foi parar no Chelsea por 'medo' de o então dono, Abramovich, 'inflacionar o mercado'. Errou feio

Palmeiras

São Paulo, Brasil

Há duas situações que são concretas sobre o passado de Endrick, antes de ele fechar acordo, em uma transação que poderá chegar a R$ 400 milhões, com o Real Madrid.

Primeiro, a preferência do jogador, quando menino, era o Barcelona.

Por causa das passagens de Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo, Neymar.

Ele já assumiu essa postura em entrevistas antigas.

Mas o clube catalão ficou indeciso em apostar 75 milhões de euros em uma promessa do futebol brasileiro. 

Por mais que as indicações de Endrick tenham sido excelentes. Com participações marcantes no Palmeiras e nas várias seleções brasileiras de base.

Além da torcida pelo Barcelona, no Palestra Itália se comentava uma negociação frustrada com uma equipe da Premier League.

Finalmente, ela veio à tona.

Foi quando parte da diretoria do Chelsea resolveu comprar o atacante. Com a permissão do Palmeiras, Endrick visitou as instalações do clube londrino. Estava certo que iria atuar na Inglaterra.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Mas dirigentes do Chelsea tentaram reduzir a pedida do Palmeiras, que era de 60 milhões de euros, cerca de R$ 318 milhões.

Como o clube paulista foi firme e não aceitou diminuir a pedida, o negócio foi desfeito.

"Recebemos um convite do proprietário do Chelsea e fomos conhecer o clube e o país. Vimos o Chelsea jogar contra o Arsenal e tivemos a oportunidade de ver o treinador, as instalações.

"Não posso afirmar 100% porque ainda não tinha assinado, mas o acordo foi fechado. Já tinha pensado que iria morar em Londres com todo aquele frio.

"Mas então, à noite, o representante do meu filho ligou e disse que o dono do Chelsea desistiu do negócio porque o preço que teriam de pagar por Endrick inflacionaria o mercado", disse o pai do jogador, Douglas Ramos, ao jornal The Guardian.

O então dono do Chelsea era o bilionário russo Roman Abramovich.

Endrick, Vinícius Jr. e Rodrygo. Os três são do Real Madrid. A partir de julho de 2024, juntos na Espanha
Endrick, Vinícius Jr. e Rodrygo. Os três são do Real Madrid. A partir de julho de 2024, juntos na Espanha CBF

Endrick não poderia estar mais feliz.

Foi um livramento não ter ido para o complicado Chelsea, de Mauricio Pochettino.

Seu futebol combina muito mais com a equipe de Carlo Ancelotti.

Fechou contrato com o Real Madrid.

Ganhou a vaga de titular do Palmeiras.

Tornou-se jogador da seleção brasileira principal.

E virou objeto de desejo da imprensa espanhola, que não cansa de endeusá-lo.

Ele irá para Madri em julho de 2024.

A legislação brasileira obriga sua saída do país para jogar no exterior só depois de completar 18 anos.

Ele completará a maioridade no dia 21 de julho...

Palmeiras leva R$ 550 milhões em premiação na era Abel; veja o que dá para fazer com esse dinheiro

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas