Esportes Lanterna da Série B, Oeste demite técnico Thiago Carpini após quatro jogos

Lanterna da Série B, Oeste demite técnico Thiago Carpini após quatro jogos

Thiago Carpini e Oeste chegaram a um acordo nesta segunda-feira, e o treinador deixou o comando do lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro após apenas quatro jogos. A diretoria já corre atrás de um substituto, mas para o duelo contra o Náutico, nesta terça-feira, Sérgio Alex, auxiliar fixo do time de Barueri, ficará no banco de reservas.

"Numa conversa, ambas as partes acharam melhor assim. Carpini mostrou ser competente e com certeza vai ser um vitorioso. Só temos a agradecer", disse Mauro Guerra, diretor de futebol.

O Oeste começou a Série B com Renan Freitas e, após resultados negativos, apostou em Carpini, sem clube desde a saída do Guarani. Ele, porém, não repetiu o mesmo desempenho que teve no time de Campinas. "O time amanhã (terça-feira) será comandado pelo Sérgio Alex, um dos auxiliares fixos do clube. Mas vamos trazer, sim, um técnico. O nome ainda não está definido", seguiu Guerra.

Anunciado em 30 de setembro, Carpini estreou na derrota para o Figueirense por 4 a 1. O grande resultado do treinador, que deixou os paulistas sem vencer uma vez sequer, foi o empate sem gols contra o Cruzeiro. No mais, o Oeste perdeu de Operário (1 a 0) e Confiança (3 a 1).

Foram quatro jogos com três derrotas e um empate, um aproveitamento de 8,3%. Carpini ficou exatos 20 dias à frente do Oeste, que se reapresentará às 16 horas para se preparar para o duelo contra o Náutico na terça, às 19h15, na Arena Barueri, pela 17ª rodada da Série B.

O Oeste amarga a lanterna com apenas sete pontos, a oito do que o próprio Náutico, primeiro clube fora da degola.

Últimas