Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rogério Ceni defende Luciano das críticas e pede calma com David no São Paulo

Time venceu a Ferroviária de virada, na segunda rodada do Paulistão; próximo jogo é contra o Palmeiras

Campeonato Paulista|Do R7

Rogério Ceni vence a primeira no Paulistão, mas pede calma da torcida com os reforços
Rogério Ceni vence a primeira no Paulistão, mas pede calma da torcida com os reforços Rogério Ceni vence a primeira no Paulistão, mas pede calma da torcida com os reforços

Foram apenas duas rodadas, mas Rogério Ceni já tem de dar explicações sobre os problemas do São Paulo. Mesmo com o time invicto e após ganhar da Ferroviária, de virada, em Araraquara. O treinador pediu paciência da torcida com o atacante Luciano, ainda não rendendo o futebol esperado, e também com o recém-chegado David, anunciado e que já estreou nesta quinta-feira.

Luciano rendeu abaixo do esperado nas duas primeiras rodadas do Paulistão e acabou substituído em ambas. Antes em sintonia com a torcida, o camisa 10 vem recebendo vaias e o técnico pediu que evitem caça às bruxas no clube, garantindo que não há problemas com o jogador sobre questionamentos se sua queda vem em função de estar jogando fora de posição.

"Luciano joga na exata função que fazia ano passado. Vamos parar, é outro fantasma que estão começando a criar", disse Rogério Ceni, sem esconder a irritação pelo questionamento. Muitos são-paulinos invadiram as redes sociais do clube pedindo que Ceni não o "sacrifique" longe de onde rende melhor. O técnico se esquiva e deve seguir apostando no atacante aberto.

Outro assunto que tira o técnico do sério é falar que alguns reforços são "caras de Ceni." David foi um pedido do treinador, após trabalharem juntos no Fortaleza, mas ele quer evitar rótulos e classifica a contratação como "oportunidade de mercado." David foi oficializado nesta quinta-feira e já fez sua estreia, anotando um gol.

Publicidade

"É uma oportunidade de mercado. Não imputem o David ao meu pedido, isso é besta. David é uma necessidade", se defende Ceni, que ainda explica à torcida que o reforço não é um goleador. ""Ele não costuma fazer tantos gols", afirmou, já que o contratado vinha de 10 meses sem bolas na rede.

Por fim, Ceni explica que não há problemas com o volante uruguaio Gabriel Neves. Fora das duas convocações, a defesa do técnico é pelo excesso de estrangeiros no elenco - são oito e apenas cinco podem ser relacionados.

Publicidade

"O que faz com que ele não seja relacionado é que temos oito estrangeiros agora, não tem nada pessoal, gosto muito do Neves e lamento de coração." Arboleda também foi cortado diante da Ferroviária. Com a expulsão de Pablo Maia, é possível que Neves ganhe chance de voltar às opções diante do Palmeiras, domingo.

Mercado da bola: confira as negociações do seu clube para 2023

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.