Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

O segredo do sucesso do São Bernardo no Paulistão passa por Sampaoli, entenda o por quê

Técnico Márcio Zanardi é o responsável pela equipe do ABC ocupar a 2ª colocação do estadual e muito do que exerce no grupo aprendeu com o argentino

Campeonato Paulista|Gabriel Herbelha, do R7

Marcio Zanardi tem 44 anos e é destaque no Campeonato Paulista
Marcio Zanardi tem 44 anos e é destaque no Campeonato Paulista Marcio Zanardi tem 44 anos e é destaque no Campeonato Paulista

Muitos torcedores podem achar estranho que o São Bernardo, um time da Série C do Brasileirão, esteja na segunda colocação do Campeonato Paulista, brigando a cada rodada com o Palmeiras, atual campeão Brasileiro, pela liderança. 

Mas, essa realidade não surpreende a diretoria e nem a torcida do clube do ABC paulista. Isso porque a boa fase tem um responsável: Marcio Zanardi. O treinador está no time há quase dois anos, foi 6º lugar no estadual em 2022, está na Série C e disputa mais uma vez a Copa do Brasil em 2023.

"As coisas foram acontecendo. Nosso time foi pegando o corpo, nosso time, já tem um trabalho de quase dois anos, conseguimos ter sete vitórias na competição e a gente sempre busca o melhor. Eu trabalho sempre para querer ser campeão", afirma Zanardi em entrevista ao R7

Esse espirito de campeão, de time aguerrido faz parte do treinador, mas foi ainda mais aprimorado quando ele teve oportunidade de trabalhar com Jorge Sampaoli.

Publicidade

Quando o argentino treinou o time do Santos, em 2019, Zanardi comandava as categorias sub-20 e sub-23 do Peixe.

"Do dia para noite, estava na comissão do profissional. Foi um cara [Sampaoli] que me abraçou, abriu a metodologia dele, eu gosto muito do perfil devido à intensidade, postura, cobrança com o jogador, e do modelo de jogar", lembra o técnico. 

Publicidade

Até a casa de Sampaoli ele frequentou. "Então aprendi muito. Foi um cara que me convidou para ir para a casa dele comer churrasco, foi um cara que estendeu a mão para mim e eu pude pegar coisas muito importantes com ele."

Zanardi está há quase dois anos no São Bernardo e tem 2ª melhor campanha do torneio
Zanardi está há quase dois anos no São Bernardo e tem 2ª melhor campanha do torneio Zanardi está há quase dois anos no São Bernardo e tem 2ª melhor campanha do torneio

Estilo de jogo

O estilo de jogo é visto em cada uma das rodadas do Paulista. Mesmo sendo uma equipe menor, o time dificilmente tem uma postura recuada. "Acredito que essa intensidade, essa pressão alta é comportamental e conseguimos instituir dentro dos processos no dia a dia", explica.

Publicidade

E acrescenta: "Trabalhamos o tempo todo e independentemente se for jogar em casa ou fora. Acredito que se conseguirmos pressionar e roubar a bola mais próximo do gol adversário, temos mais chance de fazer o gol."

O Zanardismo

O estilo de Marcio já virou nome, dado é claro, pela torcida do São Bernardo: o "Zanardismo". "Isso aí é uma coisa muito maluca... Vem do Fernando Diniz. É uma coisa bacana, acho que a torcida do São Bernardo sabe o quanto eu me dedico por esse clube, o quanto eu trabalho, o quanto eu aproveitei a minha oportunidade", comemora o treinador. 

Grupo do Palmeiras

No Paulistão a única coisa que Zarnardi lamenta é estar no mesmo grupo do Palmeiras. "Cair nesse grupo, nós brigamos sempre pela segunda vaga. O objetivo do São Bernardo desde o início foi classificar para as quartas de final. Sempre falei que a nossa competição não era contra o Palmeiras e sim é contra o Santo André e a Portuguesa [outros dois times do grupo]."

O jogo entre São Barnardo e Palmeiras é a primeira quartas de final definida, já que os dois estão classificados. A disputa agora é para saber se a partida será no Allianz Parque, caso o Verdão seja o melhor, ou no 1º de Maio, se o clube paulista terminar em primeiro lugar do Grupo D. 

A carreira de Zanardi

Para ser um dos destaques do campeonato estadual mais importante do Brasil, ele começou cedo. Zanardi ainda é jovem, tem 44 anos. Começou nas categorias de base do Corinthians e do Santos. 

"Trabalhei desde o sub 11 até o sub-20/Sub 23, passei por todas as etapas, ajudei a formar vários jogadores dentro e fora de campo, principalmente como ser humano, não só como atleta de alto nível", destaca o técnico. 

A lista de jogadores que passaram por ele não é pequena, não, conforme conta Zanardi.

"Fiquei sete anos no Corinthians, trabalhei com Marquinhos [PSG e seleção brasileira]. Guilherme Arana, Maicon, Léo Santos, Léo Jabá e Pedrinho. No Santos, trabalhei com o Yuri Alberto, Kaio Jorge Marcos Leonardo. Tem também o Gabriel Martinelli, que hoje está no Arsenal e foi meu atleta no sub-11 do Corinthians."

Assédio de outros clubes

O sucesso no Paulistão é uma grande vitrine para Zanardi e abre a possibilidade que ele seja pensado em clubes maiores, da Série A e da Série B.

"Tenho muito pé no chão, tenho contato até o final da Série C aqui e sou sempre muito valorizado com tudo que vem acontecendo. Deixo tudo com muita tranquilidade, muita calma. Acredito que possamos fazer vários trabalhos ainda importantes", finaliza Zanardi.

Conheça os sete motivos para Messi levar o título de melhor do mundo pela sétima vez

" gallery_id="63f91a47ca908452250021f2" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/futebol/campeonato-paulista/o-segredo-do-sucesso-do-sao-bernardo-no-paulistao-passa-por-sampaoli-entenda-o-por-que-27022023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.