Com apoio de atletas, organizadas de Avaí e Figueirense realizam ações solidárias

Com o Campeonato Catarinense paralisado por conta da pandemia da covid-19, o novo coronavírus, torcidas organizadas de Avaí e Figueirense passaram a arrecadar doações para famílias de baixa renda da região metropolitana de Florianópolis.

A Mancha Azul, que apoia o time da Ressacada, começou no último dia 1.º uma campanha para ajudar membros da torcida que foram atingidos com o atual cenário, assim como as localidades onde estão inseridos. O Centro de Recuperação Nova Esperança, em Palhoça (SC), e cerca de 80 famílias já foram auxiliadas.

A Gaviões Alvinegros, que representa a equipe alvinegra, vem arrecadando alimentos não perecíveis, cestas básicas e produtos de higiene pessoal e limpeza. Quase 2,5 toneladas de produtos já foram entregues em Florianópolis e adjacências. No centro da capital e em São José (SC), ainda houve distribuição de marmitas e lanches a moradores de rua.

A medida chamou a atenção de atletas de ambos os elencos. Do lado avaiano, Marquinhos, Betão, Getúlio e o auxiliar Evando participaram, enquanto que Elyeser, Marquinho, Guilherme Siqueira, Sidão, Betinho, Pereira e Patrick participaram entre os alvinegros.

O Estadual de Santa Catarina foi interrompido após o término da primeira fase. O Avaí enfrentaria a Chapecoense nas quartas de final, enquanto que o Figueirense duelaria contra o Juventus. Tubarão e Concórdia, por outro lado, disputariam um playoff contra o rebaixamento.