Esportes Capitão do Botafogo, Joel Carli minimiza críticas e entende a reação da torcida

Capitão do Botafogo, Joel Carli minimiza críticas e entende a reação da torcida

A derrota para o Avaí de virada por 2 a 1 neste sábado à noite, no Rio, pela 28ª rodada da Série B, não caiu bem na torcida do Botafogo. Apesar do time estar no G4, zona de acesso, ocupa a terceira posição com 48 pontos - a torcida vaiou o time no segundo tempo, principalmente após o segundo gol do Avaí.

O zagueiro e capitão do time, Joel Carli, disse entender a insatisfação da torcida. "É normal. Todo mundo está chateado. Nós, os jogadores, também estamos. Queríamos ganhar para aumentar a distância (do quinto colocado). Infelizmente, não conseguimos. Todo mundo fica bravo. Isso é normal no futebol", afirmou.

A partida também ficou marcada por uma discussão do técnico Enderson Moreira com alguns torcedores, que voltaram neste sábado ao estádio - 751 pessoas estiveram presentes. No segundo tempo, o treinador se desentendeu por duas vezes com a torcida. Quando o time tomou o empate, ele cobrou apoio dos torcedores, gritando "ajuda, ajuda".

Ao tomar a virada, Enderson mostrou bastante irritação e no final do jogo, deixou o gramado aplaudindo os torcedores de forma irônica.

Na próxima sexta-feira, igualmente em casa, o Botafogo enfrenta o CRB, novamente com a presença da torcida. Mais um confronto direto na luta pelo acesso à Série A.

Últimas