Filipinho tira nota 10 na repescagem e avança direto após fratura de Kelly Slater

Brasileiro superou a repescagem da etapa de Jeffreys Bay do Circuito Mundial de Surfe

Filipinho comemorou a nota máxima em  Jeffreys Bay
Filipinho comemorou a nota máxima em Jeffreys Bay WSL / Steve Sherman

O surfista brasileiro Filipe Toledo superou a primeira repescagem da etapa de Jeffreys Bay do Circuito Mundial de Surfe, nesta segunda-feira (17), com estilo de sobra e uma nota 10. Com um tubo e outras manobras num longa direita na praia sul-africana, Filipinho terminou o dia com a maior nota e melhor pontuação de todas as baterias da repescagem.

Ele somou 19,63, contra 12,83 do norte-americano Kanoa Igarashi, eliminado da disputa. Além de passar pela repescagem com ótimas notas, Filipinho contou com a sorte para avançar direto à quarta fase. Isso porque seu futuro adversário na terceira seria o norte-americano Kelly Slater.

O multicampeão, porém, sofreu uma grave lesão. Ele fraturou dos dedos do pé direito e está fora da etapa sul-africana do circuito. Sem Slater, Filipinho deu um salto na etapa e assegurou a vaga direta na fase seguinte em Jeffreys Bay.

Filipinho não foi o único brasileiro a avançar na repescagem. Caio Ibelli e Jadson André também seguirão na etapa. Ibelli superou o australiano Stuart Kennedy por 16,43 a 14,80, enquanto Jadson bateu o americano Kolohe Andino por 15,80 a 13,20.

Jadson surpreendeu ao entrar na água e fazer grande performance. No sábado, ele sofreu uma pancada forte na cabeça, quando se chocou com a própria prancha. Acabou causando um corte profundo na cabeça. Nada que impedisse o brasileiro de fazer bonito nesta segunda e assegurar seu lugar na terceira fase. Já Miguel Pupo, Wiggolly Dantas e Ian Gouveia se despediram de Jeffreys Bay.

Na terceira fase, Gabriel Medina vai enfrentar o australiano Bede Durbidge. Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho, garantiram lugar direto na fase ao vencerem suas baterias na estreia. Mineirinho terá o francês Joan Duru pela frente.

Caio Ibelli vai encarar o australiano Mick Fanning, enquanto Jadson enfrentará o havaiano John John Florence, atual campeão mundial. Italo Ferreira, por sua vez, vai duelar com o polinésio Michel Bourez.

SLATER FORA POR 6 SEMANAS - As fraturas no pé devem tirar Kelly Slater também da próxima etapa do circuito, no Taiti, onde é justamente o atual campeão. O americano tem grandes chance de ficar de fora porque anunciou nesta segunda-feira que seu prazo de recuperação é de seis semanas. E a etapa disputada nas ondas de Teahupo'o terá início no dia 11 de agosto.

"Eu surfei uma onda nesta manhã e, quando ela estourou, levou meu pé para trás, levando toda a pressão para o metatarso, meio que esmagando meu pé como uma grande martelada. Parece que estou dando à luz meu pé agora mesmo!", disse o surfista, nas redes sociais, pela manhã.

Ele afirmou que vai fazer a cirurgia e a recuperação física nos Estados Unidos. "Estou supondo que farei uma cirurgia e devo ter férias de seis semanas. Não estou muito ansioso para as 30 horas de voo que farei até a minha casa para fazer a cirurgia. É uma droga, mas tantas pessoas lidam com coisas tão mais horríveis pelo mundo todos os dias que um pé quebrado me parece algo pequeno. Às vezes, uma coisa ruim é uma coisa boa. Vou aproveitar ao máximo o meu tempo de folga!", declarou o multicampeão mundial.

EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se