Esportes Vasco desafia seu favoritismo contra a Juazeirense-BA na Copa do Brasil

Vasco desafia seu favoritismo contra a Juazeirense-BA na Copa do Brasil

Já classificado de forma antecipada às semifinais do Campeonato Carioca, o Vasco muda a chave e foca nesta semana em um desafio nacional. Nesta quarta-feira, o clube carioca encara a Juazeirense, na Bahia, desafiando o seu favoritismo para avançar à terceira fase da Copa do Brasil. O jogo, único como na fase anterior, começará às 21h30, no estádio Adauto Moraes, na cidade de Juazeiro, localizado na região norte da Bahia.

Pelo regulamento da competição, nesta segunda fase o clube visitante não tem mais a vantagem do empate - na primeira, o clube que jogou fora de casa era o que tinha melhor colocação no ranking da CBF. Qualquer igualdade no placar, após os 90 minutos, levará a disputa da vaga para a decisão por pênaltis.

O técnico Zé Ricardo terá quase todo elenco do Vasco à disposição. Matheus Barbosa retorna após cumprir suspensão contra o Flamengo, no clássico do último domingo, pelo Campeonato Carioca. Vitinho, no entanto, segue em recuperação de uma lesão na coxa e não foi relacionado. MT e Galarza também ficaram fora da lista de quem viajou para a Bahia.

O clube está de olho também na premiação de R$ 1,9 milhão para chegar à terceira fase. Antes já embolsou R$ 1,3 milhão por avançar da fase inicial. "Sabemos que será um jogo duro, assim como foi a nossa primeira partida e os jogos de outras equipes. Vimos muitos times das Série A e B ficarem pelo caminho, então é preciso atenção. Estamos preparados para esse desafio. Temos uma estratégia para o jogo e precisamos aplicá-la perfeitamente para sairmos com nosso objetivo, que é a classificação", alertou Zé Gabriel, em entrevista à VascoTV.

No lado da Juazeirense, o objetivo é surpreender como fizeram outros clubes contra equipes da elite e da Série B. Mas a fase da equipe baiana não é das melhores na temporada. Faz uma campanha decepcionante no Estadual, com apenas uma vitória. O time somou apenas seis pontos em sete partidas, que resultaram no único triunfo, três empates e três derrotas. A novidade será a estreia do centroavante Nixon, ex-Flamengo, que é natural de Juazeiro.

Últimas